Niterói por niterói

Publicado

Rio tem 2 mil vagas em curso gratuito para jovens de baixa renda

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Instituto PROA oferece capacitação profissional e comportamental para nova turma em janeiro; Inscrições podem ser feitas pelo site do instituto
Plataforma PROA
Oportunidade para estudar e conseguir emprego. Foto: Divulgação

O Instituto PROA chega ao Rio de Janeiro com seis mil oportunidades de desenvolvimento e emprego para jovens de baixa renda em todo o Estado. Até o momento, mais de 4.200 já foram aprovados e estão tendo a oportunidade de se aperfeiçoar para o mercado de trabalho. Para a próxima turma, que começa em janeiro de 2022, as inscrições já estão abertas no site. No total, 2 mil vagas de emprego estão disponíveis.

Para participar é necessário ter entre 17 e 22 anos; estar cursando ou ter concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública; e morar no Estado do Rio de Janeiro. As inscrições vão até o dia 14 de janeiro e a previsão de início das aulas é dia 17 de janeiro de 2022.

– Nossa chegada ao Rio tem tido um retorno superpositivo, onde já estamos conectando centenas de jovens com oportunidades de primeiro emprego. Entendemos as reais demandas das empresas parceiras, assim como as competências necessárias para os jovens estarem preparados para essas oportunidades – afirmou a CEO do Instituto PROA, Alini Dal’Magro.

Segundo dados divulgados pelo IBGE, o desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos ficou em 31,4% no 3º trimestre de 2020. É o maior índice já registrado.

Para se conectarem, os jovens que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas e que buscam seu primeiro emprego, têm acesso gratuito à plataforma on-line que oferece 100 horas de aulas com orientação e apoio de tutores em encontros semanais ao vivo.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico participa ajudando a inserir os formados no mercado de trabalho.

– Acreditamos que quanto maior a capacitação, maior a produtividade e a competitividade do Estado no mercado de trabalho. Por isso achamos tão importante essa iniciativa para os jovens – explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Vinícius Farah.

A Plataforma PROA oferece Autoconhecimento (20 horas), Planejamento de Carreira (20 horas), Projeto Profissional (20 horas), Raciocínio Lógico (20 horas), Comunicação (20 horas). Ao final, os alunos que concluírem estarão aptos para participarem de processos seletivos para vagas de posições de início de carreira e primeiro emprego. Todos recebem certificado de conclusão emitido pelo PROA e têm acesso a vagas de emprego disponíveis no mercado.

Além da trilha básica do curso, o PROA terá cinco trilhas técnicas patrocinadas por diferentes empresas, onde aprenderão Análise de Dados (patrocinado pelo iFood), Varejo (Via – Fundação Casas Bahia), Administração (P&G), Logística (P&G), UX Design (Accenture) e Promoção de Vendas (BrF).

Leia também: Paulo Gustavo presente no Campo de São Bento

A iniciativa conta com a parceria da Procter & Gamble, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Institucionais (SEDEERI) e da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (CODIN- RJ).

– Nosso objetivo com a parceira com o PROA é fomentar o mercado de trabalho e queremos, nos próximos meses, capacitar seis mil jovens de baixa renda. E nesse cenário, ao menos mil deles serão conduzidos às vagas em empresas parceiras do PROA em municípios do Estado e na própria P&G – conclui a presidente da P&G no Brasil, Juliana Azevedo.

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email