Niterói por niterói

Publicado

Niterói se une a Paris, Moscou e Bogotá ao apostar em ônibus elétricos

Cidade começa a testar veículos elétricos e pretende substituir 10% da frota a partir do ano que vem
Ônibus elétricos começam a ser testados. Foto- Prefeitura de Niterói
Ônibus elétricos começam a ser testados. Foto: Prefeitura de Niterói

Niterói deve integrar, a partir do ano que vem, o rol de locais em processo de eletrificação do transporte público. A lista é integrada por cidades como Paris, Moscou e Bogotá, conhecida pelo sistema moderno de transporte viário, o TransMilenio. O município começou a testar o modelo de veículos nesta segunda e pretende substituir 5% da frota da cidade no primeiro semestre de 2022, ampliando depois para 10%.

A depender dos planos do município, a eletrificação dos ônibus vai alterar a dinâmica do transporte público na cidade. Em comunicado, a Prefetura informa que pretende adquirir os primeiros 40 veículos elétricos, que correspondem a 5% da frota. Tradicionalmente, o setor de transporte é integralmente controlado pela iniciativa privada, cabendo ao Poder Público apenas a fiscalização.

A Prefeitura de Niterói não deixou claro como será feita a gestão e a distribuição da frota que pretende adquirir. A certeza é de que a adoção dos ônibus elétricos no transporte de passageiros vai reduzir a emissão de gases do efeito estufa.

Esta semana, começa a circular um modelo Caio Millenium, que foi cedido pela empresa para avaliação. O coletivo vai circular nas linhas 49, 61 e 62 nos primeiros 30 dias. Daqui a um mês, o ônibus passará a ser testado nas linhas Oceânica 1, 46, 48 e 33. Futuramente, outros testes serão realizados com veículos de outros fabricantes.

Autonomia para 250 quilômetros

O veículo que já entrou em teste possui autonomia para 250 quilômetros, com até 4 horas para recarga das baterias, possui ar-condicionado, carregadores de celular e tem o piso baixo. A capacidade é de 80 passageiros, sendo 26 sentados e 54 em pé. Veículos do tipo do modelo testado têm vida útil de 16 anos, com uma troca de baterias prevista para quando chegar aos 8 anos de operação.

O ônibus chegou a Niterói na madrugada da última quinta-feira (16). Na sexta e no sábado, 20 motoristas foram treinados por técnicos do fabricante. Foram selecionados 12 deles. Seis vão se revezar na condução dos ônibus nos próximos 30 dias e seis poderão entrar na escala para substituir os colegas.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email