Niterói por niterói

Publicado

Covid-19 “fecha” agências bancárias em Niterói

Por Camila Araujo
| aseguirniteroi@gmail.com
Contaminação de funcionários comprometeu o funcionamento de mais de 10 agências, ao longo da semana
bradesco fechado Foto Bancários Niterói
Em uma agência do Bradesco, cartazes chamam a atenção para a saúde dos bancários. Foto:: Reprodução Sindicato dos Bancários de Niterói e Regiões

O número de casos de Covid-19 agravados pela variante Ômicron não param de crescer, em Niterói. A agência do banco Bradesco da Rua Gavião Peixoto, em Icaraí, interrompeu o atendimento ao público por causa de um surto da doença entre os funcionários. De acordo com o relato de um cliente, na última quarta-feira (19), quem chegava ao local era direcionado para a agência vizinha, no Campo de São Bento, para ser atendido.

O Sindicato dos Bancários de Niterói e Regiões confirmou que recebeu notificações da agência da Gavião Peixoto sobre funcionários contaminados. Além disso, informou que, ao longo desta semana, mais de 10 agências de todas as empresas bancárias foram fechadas para cumprimento de protocolo de prevenção, que inclui a sanitização das agências por empresas especializadas.

Leia mais: Ômicron já ocupa 60% dos leitos para Covid em Niterói

De acordo com a Federação das Trabalhadoras e dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado do Rio de Janeiro (Federa-RJ), o número de bancários testando positivo para a doença está aumentando a cada dia e são constantes as denúncias do abandono dos protocolos sanitários por parte dos bancos.

Os profissionais reivindicam medidas como a volta ao horário reduzido de atendimento, atenção às filas respeitando o distanciamento, limitação do número de pessoas que acessam as agências, retorno ao home office do grupo de risco, e fornecimento de máscaras apropriadas.

Na última terça-feira (17), a Federa-RJ e os sindicatos de bancários de Niterói, Rio de Janeiro e outras regiões do estado se reuniram com a Fenaban para cobrar atenção ao ofício enviado no dia 10 de janeiro. O documento solicitava a volta imediata do protocolo sanitário contra a Covid-19 a fim de assegurar a saúde e bem-estar dos bancários, bancárias, clientes e usuários(as) dos bancos. Como resultado, o Itaú comunicou que já começou a aplicar um novo protocolo nas suas agências, em atendimento a algumas reivindicações feitas. Os demais bancos ainda não se posicionaram.

“As recomendações individuais mais urgentes continuam sendo o uso de máscara, higienização constante das mãos, evitar aglomeração e tomar todas as doses recomendadas da vacina. Quanto aos bancos, continuamos cobrando medidas e fiscalizando as ações que garantam uma maior segurança para os funcionários e o público”, afirma Adriana Nalesso, presidenta da Federa-RJ.

Leia também: Plano de saúde terá que cobrir teste rápido de Covid

COMPARTILHE