Niterói por niterói

Publicado

Quase metade da população de Niterói está endividada

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com

COMPARTILHE

De acordo com o mapa da inadimplência do Serasa, cerca de 215 mil Cadastros de Pessoas Físicas (CPF) da cidade estão no vermelho
dívidas
Juntos, os niteroienses somam uma dívida de R$ 1,3 bilhão. Foto: arquivo

Atualmente, 45% da população de Niterói está endividada. De acordo com o mapa da inadimplência do Serasa, cerca de 215 mil Cadastros de Pessoas Físicas (CPF) da cidade estão endividadas. Esses dados são referentes ao primeiro semestre do ano e representa um aumento  de 7,5% do número de devedores, em relação ao primeiro semestre do ano passado. De acordo com o Censo 2022, Niterói tem  481.758 habitantes.

Juntos, os niteroienses somam uma dívida de R$ 1,3 bilhão. Se em 2022 a média das dívidas de negativados girava em torno de R$ 5.100; este ano o saldo chegou a R$ 6 mil.

Leia mais: Secretaria de Saúde de Niterói volta recomendar uso de máscara contra Covid-19 para idosos e imunossuprimidos

Cartão crédito puxa o ranking do saldo no vermelho, seguido dos serviços de consumo como as contas de água, luz e telefone.

Ouvido pelo jornal O Globo, o economista e professor do Ibmec Gilberto Braga atribuiu o quadro de inadimplência a dois fatores: a inflação, que sentida pelos consumidores, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e o lento crescimento nos postos de emprego como fatores determinantes para a contração de dívidas.

O IPCA acumulado de 2023 é de 2,99%, enquanto o IPCA de 2022 foi de 5,78%. Já em relação ao emprego, o número de postos formais de trabalho, em Niterói, caiu em julho, se comparado ao mês anterior, registrando um saldo negativo de 271 vagas.

 

Fonte: O Globo

COMPARTILHE