Niterói por niterói

Publicado

Niteroienses enfrentam longas filas no último dia para regularizar o título eleitoral

Por Sônia Apolinário
| aseguirniteroi@gmail.com
Muitos chegaram antes do cartório eleitoral abrir, e relataram dificuldades com a plataforma online do TSE
Fila para o cartório eleitoral de Niterói, no último dia para regularizar o título
Fotos: Sônia Apolinário

Falta de informação, dificuldade ou mesmo impossibilidade de acesso à internet. Essas foram as principais alegações de pessoas que enfrentaram a longa fila em frente aos cartórios eleitorais de Niterói, no Centro, nesta quarta-feira, último dia para regularização do título eleitoral e ficar apto a votar em outubro.

Patrícia Machado, 49 anos, veio de Maria Paula para regularizar sua situação no Centro, pois o serviço online não estava funcionando:

“Há 15 dias tento mudar meu domicílio eleitoral pela internet, mas não consigo. Na metade do caminho, dá erro e não consigo prosseguir. Me mudei de Brasília para Niterói, no ano passado, mas estava para voltar. Com isso, fui deixando para depois e agora é que fui providenciar a regularização do meu título. Tive que pedir para o patrão me liberar do trabalho para vir aqui no cartório”.

Na fila, Patrícia mostra o erro no site do TSE.

Já Letícia Navega tem 18 anos e irá votar pela primeira vez. Ela saiu de sua casa, em Piratininga, bem cedo para estar na fila às 9h40 e só conseguiu entrar às 13h25, quando estava falando com o A Seguir Niterói:

“Estou tirando meu título. Fiz tudo pelo site, na semana passada, mas até hoje não saiu o requerimento. Pelo site, não estou conseguindo saber se consegui, mesmo tirar o título”, disse ela que é estudante e vai votar “porque é obrigação”.

Sarah Alexandra, de 19 anos, mora na ilha da conceição, também é estudante, e disse que teve dificuldades de encontrar o site para tirar o título pela internet:

“Antes da pandemia, já queria tirar o título. Mas como o voto não era ainda obrigatório para mim, minha mãe não deu importância e não me levou para tirar. Agora, procurei várias informações e não achava. As pessoas diziam que dava para tirar o título pelo site. Que site? Procurei no Google e só agora um amigo me falou para vir aqui no cartório. Eu quero tirar o título porque quero votar”.

Ela chegou às 13 horas e foi uma das últimas das filas por alguns minutos porque logo cerca de 20 pessoas já estavam atrás dela. Sarah disse que nenhum dos artistas que ela acompanha falou sobre eleições. Anitta? Ela disse que não gosta e não acompanha –  a cantora tem usado suas redes sociais para estimular os jovens a tirarem o título de eleitor.

Leia mais: Quase dois mil jovens, entre 16 e 17 anos, votarão pela primeira vez em Niterói

A costureira Lindivania Bezerra dos Santos, de 47 anos, mora no morro do Preventório, em Charitas, e esperava sentada sua vez. Ela chegou na fila às 10h e às 13h30 ainda estava longe da entrada do cartório:

“Tenho vindo aqui nos últimos três dias, sempre muito cheio e desistia. Hoje resolvi trazer um banquinho e ficar até o final. Estou com meu título cancelado porque não votei nas duas últimas eleições. A primeira vez por estar doente e a outra porque não quis. Dessa vez, quero muito votar. Tentei fazer pelo site, mas não consegui. Minha filha, Esther, de 19 anos, fez tudo pelo site, mas não sei se deu certo porque quando ela busca informação sobre o título dela o site diz que ainda está analisando”.

Outro estudante, Nattan Dutra, 19 anos, morador do Cafubá, relatou ao A Seguir que o sistema do site também deu erro, o que o fez tirar o dia para ir ao cartório eleitoral:

“Tentei tirar o título pela internet, mas não deu certo. Dava erro. Deve ser porque a internet da minha casa não é muito boa. Estou tentando há um mês. Quando fiz 18 anos não dei bola. Só vou votar porque é obrigatório e porque me disseram que só posso fazer o Enem se tiver o título de eleitor. Não quero perder o Enem. Se não conseguir tirar o título hoje, não sei o que vou fazer”, disse ele que chegou na fila às 13h e estava bem longe da entrada do cartório.

Nattan também teve dificuldades com o site

Quem ainda não conseguiu tirar ou regularizar sua situação, ainda é possível, até as 23:59 desta quarta-feira, através do site do TSE, clicando em Autoatendimento.

Encerrado o prazo para tirar e regularizar o título, agora é aguardar as eleições, que acontecem em 2 de outubro. Este ano, além do presidente da república, os brasileiros vão escolher governador, senador, deputados federais e deputados estaduais.

COMPARTILHE