Niterói por niterói

Publicado

Com blocos proibidos em Niterói, folia se transfere para bares, mas Prefeitura diz que vai fiscalizar

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Um carnaval diferente, de novo, por causa da pandemia. De acordo com Prefeitura, fiscais farão comboios e blitzes surpresas
bares niterói
Sem blocos de rua, folia será em alguns botecos e restaurantes. Foto: Livia Figueiredo

Como já anunciado pela Prefeitura de Niterói, os blocos de carnaval em áreas públicas não estão autorizados na cidade neste feriadão. A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) informou que as festas de carnaval em Niterói foram transferidas para os dias 21, 23 e 24 de abril. Mas basta dar uma volta pela cidade para notar que a folia foi transferida para  bares e restaurantes, com rodas de sambas e festas privativas.

Leia mais: Vacinação contra Covid em Niterói será interrompida no feriado em Niterói

De acordo com o decreto 14.294/2022, que atualiza o Programa Novo Normal Niterói, bares, restaurantes e casas de festa estão autorizados a funcionar, desde que obedecendo aos protocolos sanitários de combate à Covid-19, como o uso de máscara e álcool em gel.

O A Seguir: Niterói entrou em contato com a Prefeitura nesta sexta-feira (25) para saber se a pasta planeja ações no sentido de fiscalizar possíveis blocos que possam se formar durante o feriado de carnaval. De acordo com a Prefeitura, equipes da Seop, da Guarda Municipal e da Fiscalização de Posturas percorrerão toda a cidade em comboios e blitzes surpresas com o objetivo de coibir abusos e infrações ao protocolo sanitário e ao Código de Posturas.

Em nota, a Prefeitura informou que agentes darão prioridade na fiscalização do perímetro das praias da cidade. A ação será realizada nas praias do Gragoatá, Boa Viagem, Flechas, Icaraí, São Francisco, Charitas, Adão e Eva, Piratininga, Sossego, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara.

Leia também: O que fazer no carnaval sem desfile e sem blocos em Niterói

As equipes também vão promover o ordenamento das vias públicas e contarão com o auxílio das câmeras de monitoramento do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) da Prefeitura de Niterói.

A população poderá denunciar irregularidades pelo telefone 153.

COMPARTILHE