Niterói por niterói

Publicado

Alexandre Santini, de Niterói, vai presidir o Fórum Estadual de Secretários de Cultura do Rio de Janeiro

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Ele foi escolhido, por unanimidade, por gestores culturais de todo o estado
WhatsApp Image 2022-08-04 at 18.24.14
Alexandre Santini é o secretário das Culturas de Niterói. Foto: Prefeitura de Niterói

O secretário das Culturas de Niterói, Alexandre Santini, vai presidir o Fórum Estadual de Secretários de Cultura do estado do Rio de Janeiro, pelo próximo biênio. Ele foi escolhido por unanimidade, última quarta-feira (3), por gestores culturais de todo o estado.

– Os desafios são muitos na gestão cultural de nossos municípios, especialmente agora, quando estamos diante de uma verdadeira corrida contra o tempo para implementar a Lei Paulo Gustavo”- destaca Santini.

Ele observa que, a partir de 2023, a Lei Aldir Blanc 2 mudará “radicalmente” o modelo de financiamento público à cultura no Brasil. Na sua opinião, o compromisso com a construção de políticas culturais estruturantes e ampla participação popular nesse processo impõe “um sentido de responsabilidade” para com o conjunto do estado,” neste momento tão desafiador”.

– Gestores e sociedade civil precisam estar juntos em prol da nossa cultura – afirma.

O Fórum tem como objetivo promover a integração dos gestores culturais de todo o Rio de Janeiro, para elaborar propostas e estratégias relacionadas a políticas culturais, tanto a nível estadual, quanto nacional. Entre as atividades desenvolvidas pelo Fórum estão os debates sobre leis de fomento à cultura, os desafios da democratização do acesso à cultura nos municípios, a promoção da igualdade racial e diversidade, entre outras frentes relevantes para o setor cultural.

Leia mais: Musical do Belchior, feira na UFF e exposição no MAC são as atrações do fim de semana em Niterói

A nova diretoria eleita tem a seguinte composição: Presidência: Alexandre Santini de Niterói; Primeira Vice-Presidência: Diana Iliescu, de Petrópolis; Segunda Vice-Presidência: Maria Auxiliadora de Campos; Primeira Secretaria: Cris Régis, de Rio das Ostras; Segunda Secretaria: Victor Hugo Abreu Machado, de Magé; Comissão da Lei Paulo Gustavo: Coordenação de Manoel Vieira, Relatoria de Bravo e Cris Régis;  Comissão de Promoção da Igualdade Racial e Diversidade: Coordenação de Victor Hugo; Comissão de Indicadores e  Documentação: Coordenação de Bravo, e Relatoria a definir, composta por Jorginho, José Sérgio e Jamir Junior.

 

COMPARTILHE