Niterói por niterói

Publicado

Volta à normalidade em Niterói vai depender do percentual de vacinados

Programa Novo Normal abandona o sistema de cores e se baseia na imunização completa para flexibilizar normas
Projeção do calendário de vacinação vai nortear reabertura. Foto- Divulgação
Projeção do calendário de vacinação vai nortear reabertura. Foto: Divulgação

O caminho de Niterói rumo à normalidade depende diretamente da adesão dos moradores à campanha de vacinação. Isso porque todo o planejamento do Programa Novo Normal foi feito com base na estimativa de imunizados em cada uma das três fases de implementação. Ou seja, quanto mais protegida a população estiver, mais perto a cidade chega de reduzir as medidas restritivas.

O cronograma do Novo Normal prevê reabertura gradual em três etapas. A primeira será iniciada em outubro, a segunda em novembro e a terceira, só em janeiro. As datas não foram escolhidas de forma aleatória, mas pela projeção do calendário vacinal. Esse é o critério que vai nortear as ações e não mais o sistema de cores, como detalha o decreto publicado nesta quarta-feira.

O ponto de partida do programa de reabertura é esta quarta-feira, 15 de setembro, quando a vacinação completa já alcançou 60% da população acima de 12 anos. Mas as primeiras flexibilizações estão previstas para 1º de outubro, quando esse índice deve chegar a 70%.

Confira o que muda na cidade a partir de 1 de outubro:

  • Abertura das praias sem restrição de horário;
  • Suspensão do uso de máscara exclusivamente na areia da praia, mantendo o distanciamento mínimo de 1 metro;
  • Distanciamento de 1 metro em restaurantes/bares;
  • Extensão do horário dos restaurantes/bares para funcionamento até as 2h;
  • Permitida a realização de eventos em ambientes abertos, com até 70% da capacidade de público, mediante a comprovação de esquema vacinal completo;
  • Permitido funcionamento das casas de festas com até 70% da capacidade de público, mediante a comprovação de esquema vacinal em dia;
  • Permitido o funcionamento de casas noturnas, pubs e boates, com até 50% da capacidade de público, mediante comprovação de esquema vacinal completo;
  • Mantidas as orientações de medidas de proteção à vida, tais como, higienização das mãos, ventilação de ambientes, uso de máscara.

Ainda segundo a previsão descrita no decreto do Programa Novo Normal, a fase 2 terá início no dia 1º de novembro. É nesse momento que a Prefeitura espera que a oferta de segunda dose de vacina já tenha alcançado 100% da população acima de 18 anos.

Já a terceira etapa começa em janeiro e leva em conta outro esquema vacinal concluído: o de idosos com mais de 70 anos. Neste caso, a vacinação é considerada completa com a terceira dose, recomendada para este público pelo Plano Nacional de Imunização.

De acordo com os dados mais recentes do painel de monitoramento da Prefeitura de Niterói, atualizado na manhã da última terça-feira, a cidade já tem mais de 273.190 pessoas vacinadas com a segunda dose, o que corresponde a 52,8% da população total e 69,8% do público com mais de 18 anos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email