Niterói por niterói

Publicado

Velocidade de contágio da Ômicron deixa Saúde no escuro

Por Redaçao
| aseguirniteroi@gmail.com
Falta de testes, poucos postos de atendimento, apagão na rede de informações atrapalham controle da pandemia; Universidade de Washington prevê um milhão de casos por dia
IMG_0720 (2)
Dificuldade para fazer o teste de Covid pode gerar subnotificação da doença no Brasil Foto: Divulgação

O Brasil pode atingir a marca de 1 milhão de infectados, por dia, pela Covid, diante da rápida disseminação da variante Ômicron, de acordo com estimativas da Universidade de Washington. Provavelmente, porém, não teremos sequer o registro desde número de casos, pela dificuldade de testagem e informações. Faltam testes, são poucos os postos  disponíveis, as farmácias não têm os kits, como tem sido frequente registrar em diversas cidade brasileiras. No Estado do Rio de Janeiro, foram mais de 10 mil novos casos apenas no fim de semana. A Secretaria estadual de Saúde se apressou para ampliar a rede de testagem, com três novos postos, mas com capacidade de apenas mais 2 mil testes por dia. Em Niterói, os números divulgados são facilmente questionados pelas filas nos pontos de testagem. A Prefeitura informou 178 casos na primeira semana do ano, mas moradores relatam a dificuldade de fazer o teste.

As projeções da Universidade de Washington  incluem não só casos positivos confirmados, mas também estimativas de quem se infectou e não conseguiu fazer o teste. De acordo com os pesquisadores norte-americanos, o Brasil já deve ter hoje mais de 430 mil novos casos da doença por dia. Um número superior aos 370 mil registrados em março do ano passado, no pico da pandemia.  O cálculo é que este número pode chegar a 1 milhão no fim do mês e a 1,3 milhão em março.

COMPARTILHE