Niterói por niterói

Publicado

Vacinação derruba casos, mortes e internações em São Gonçalo; cidade apresenta “risco baixo”

Número de hospitalizados caiu, são apenas 47, mas cidade tem 5.082 pessoas com Covid em monitoramento domicilia
Prefeito de São Gonçalo, Capitão Nélson, visita posto de vacinação. Foto- Prefeitura de São Gonçalo
Prefeito de São Gonçalo, Capitão Nélson, visita posto de vacinação. Foto: Prefeitura de São Gonçalo

O Covidímetro, indicador que mede o risco da doença em São Gonçalo, aponta para baixo risco de contaminação na cidade. A redução da taxa de ocupação de leitos e UTIs reservados para doentes de Covid na rede pública fez “termômetro” registrar a melhora: a cidade está no estágio Amarelo-1, que indica baixo risco de contaminação.

A planilha adota sistema de cores e risco semelhante ao que foi adotado em Niterói. Considera as mesmas variáveis, como número de novos casas, taxa de recuperação, internações e óbitos. Mas a ponderação e a tabela de classificação de risco são diferentes. Niterói se encontra no estágio de Atenção Máxima, Amarelo-2, de acordo com os indicadores adotados na cidade.

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo atribui o resultado às ações de conscientização, sanitização, testagem e, principalmente, à vacinação, que já chegou à população com mais de 18 anos. A cidade já aplicou a primeira dose da vacina em cerca de metade da população: 573.154 receberam a imunização, em uma população estimada pelo IBGE de 1,090 milhão de habitantes. A aplicação da primeira dose, no entanto, foi suspensa no fim de semana, por falta de doses da vacina e só será retomada com a entrega de nova remessa pelo Ministério da Saúde. A aplicação da segunda dose segue normalmente. Até esta terça (13) 145.632 pessoas tinham sido imunizadas com a segunda dose

De acordo com o último boletim divulgado na cidade, São Gonçalo soma 102.569 casos e 2.804 mortes – e 60 óbitos em investigação – desde o início da pandemia. O número de internações vem caindo de forma consistente e ocupa menos de 60% das vagas de UTI. São 47 pessoas hospitalizadas. Mas o número de moradores com Covid em quarentena domiciliar ainda é grande: 5.082 pessoas.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email