Niterói por niterói

Publicado

Secretário de Niterói critica atraso do Ministério da Saúde na entrega de vacinas: ‘Inaceitável’

Rodrigo Oliveira citou o avanço da variante Delta, que tem colocado em risco a população de Niterói, assim como de todo o estado
Rodrigo Oliveira, Secretário de Saúde de Niterói. Foto- Divulgação
Rodrigo Oliveira, Secretário de Saúde de Niterói. Foto: Divulgação

O Secretário de Saúde de Niterói, Rodrigo Oliveira, criticou a demora do Ministério da Saúde na entrega de 6,9 milhões de doses de vacinas aos estados e municípios. Em publicação numa rede social, nesta sexta-feira, Oliveira classificou a situação como “inaceitável”.

Rodrigo Oliveira, que também preside o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio (Cosems), lembrou na publicação que o estado é hoje o epicentro da variante Delta, o que torna o atraso na distribuição de vacinas ainda mais grave.

“O Rio é o epicentro da variante Delta, segundo a Secretaria de Saúde do RJ. Enquanto isso, 6,9 milhões de doses estão paradas no Centro de Distribuição do Ministério da Saúde p/ conta do atraso INACEITÁVEL no envio de documentos do MS para a Anvisa. Precisamos destas vacinas já!”, escreveu.

O Secretário também falou sobre Niterói, que, apesar do bom andamento da vacinação, também corre riscos por causa da nova cepa.

“Aqui em Niterói temos 370 mil pessoas vacinadas com a 1ª dose e mais de 201 mil com o esquema vacinal completo, mas é preciso seguir com a imunização. A variante Delta é altamente transmissível e, por isso, não podemos perder tempo esperando por vacinas do Ministério da Saúde”.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email