Niterói por niterói

Publicado

Secretaria de Saúde confirma queda de casos de Covid no estado do Rio e em Niterói

Por redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Pela segunda semana seguida, número de novos casos diminui
vacinação criança 5 anos
Vacinação é a melhor proteção contra a Covid; imunização de crianças ainda preocupa

O Painel da Covid, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, registrou na última semana a queda no número de casos da doença no estado do Rio. Os números exibidos neste domingo (6), apontaram a ocorrência de 105.107 novos casos na última Semana Epidemiológica de 2022, a SE 5.  O resultado fica abaixo do que foi reportado na SE 4, quando foram atestados 145.821 casos, e também é menor do que na SE 3, quando a circulação da Ômicron atingiu o pico, com 163.355 casos.

Embora os epidemiologistas concordem que os números não representam a realidade da doença, pela desorganização do sistema de testagem e notificação de dados, a estatística oferece uma referência da evolução da Covid no estado. É a segunda semana que os números apresentam queda – uma tendência esperada em função das altas taxas de contágio e rápida contaminação da população, como também se verificou em outros países. Desta forma, acredita-se que o ciclo desta variante do coranavírus seja mais curto que o de outras ondas da doença.

Os dados de Niterói

O registro de dados de Niterói apresenta diversas inconsistências, desde que a Prefeitura deixou de divulgar os relatórios da doença. Na página reservada ao acompanhamento da Covid, aparece a confirmação de 33.289 casos de Covid este ano, quando a Ômicron começou a se espalhar no país. Os números informados à Secretaria Estadual de Saúde não dão esta dimensão da doença. Mas a cidade registra a mesma tendência. Isso aparece no resultado dos testes aplicados. No início do ano, a taxa de positivo dos exames chegou a 50%; na última semana, ficou em 28%.

A situação nos hospitais também revela uma certa melhora, com a diminuição de procura pelos serviços ambulatoriais. E também internações. No Painel da Covid do governo do estado, aparecem 40 pessoas internadas em leitos da rede pública e 22 em UTIs, em Niterói, o que representa, respectivamente,  50% e 18% das vagas reservadas a doentes de Covid. A má notícia é que apesar da menor letalidade desta variante do coronavírus, Niterói já teve 14 mortes, este ano, de acordo com os dados publicados pelo sistema de monitoramento da Covid da Prefeitura. Um boletim epidemiológico extra publicado no dia 26 de janeiro informou que existem 33 mortes registradas em cartório, em Niterói, no mesmo período, sujeitas a confirmação.

Entre casos, internações e óbitos aparecem crianças, o que era menos comum nas primeiras ondas da Covid. Isso aumenta a preocupação em relação à vacinação infantil. Ao contrário da vacinação para os adultos, que teve enorme aceitação na cidade, a vacinação das crianças patina em torno de 30% do público alvo. É provável que a Prefeitura realize novas campanhas e até um mutirão para a vacinação das crianças, nos próximos dias. A imunização também está disponível de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, com entrada até às 16h.

 

 

 

COMPARTILHE