Niterói por niterói

Publicado

São Gonçalo entra na última semana de vacinação acima de 18 anos sem imunizar metade da população

Município será um dos primeiros a oferecer pelo menos a primeira dose de vacina a toda a população apta do programa de imunização
fiocruz-receberá-ifa-adicional-para-produção-de-mais-70-milhões-de-doses-da-astrazeneca

São Gonçalo será um dos primeiros municípios do Brasil a oferecer a primeira dose da vacina a todo o grupo considerado apto pelo programa de imunização, os moradores maiores de 18% anos, cerca de 80% da população na média das cidades brasileiras. Nesta segunda-feira (5), a cidade convoca moradores de 25 anos e na sexta-feira (9) e no sábado (10), a última faixa etária prevista na campanha, maiores de 18 anos.

A velocidade na vacinação, no entanto, não é de todo uma notícia boa: São Gonçalo avança na corrida deixando muita gente para trás, sem tomar a vacina. Pelos números atuais, 447.272 moradores tomaram pelo menos uma dose. Este número representa 41% da população estimada de 1,092 milhão e 52% dos 851 mil moradores com mais de 18 anos, a chamada população elegível para a vacinação. Mesmo incluindo os jovens a serem vacinados esta semana, metade da população não terá sido imunizada ao final da campanha.

Outro problema é o retorno dos moradores para a segunda dose da vacina. do total de vacinados, 142.075 tomaram as duas doses da vacina. Significa que São Gonçalo deverá vacinar 305 mil pessoas nos próximos 90 dias, com a segunda dose das vacinas CoronaVac, Oxford/AstraZeneca ou Pfizer. Este é o prazo necessário para quem tomou estas duas últimas vacinas se reapresente para receber a dose de reforço, que garante a imunização. No caso da CoronaVac o retorno acontece em 28 dias.

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo evita falar em abstenção, enquanto a campanha de vacinação está em andamento. Entende que as pessoas que perderam a data para se vacinar quando seu grupo foi convocado ainda podem se apresentar aos postos médicos para tomar a vacina. Dificilmente, uma campanha cobre toda a população apta se vacinar, mas os epidemiologistas esperam atingir um percentual em torno de 50% da população ou 70% do grupo prioritário (maiores de 18 anos) com as duas doses da vacina.

Calendário de primeira dose

– Segunda-feira (05) e terça-feira (06): pessoas com mais de 25 anos; portuários, grávidas, puérperas; lactantes com bebês de até doze meses, pessoas em situação de rua, profissionais da educação, profissionais de educação física, guarda municipal, veterinários, estagiários da saúde atuando em unidade hospitalar, pessoas com comorbidades, profissionais de saúde que estão atuando, pessoas com síndrome de down, trabalhadores da saúde da linha de frente, pessoas com doenças neurológicas crônicas e pessoas com deficiência permanente – todos com mais de 18 anos.

– Quarta-feira (07) e quinta-feira (08): pessoas com mais de 22 anos; portuários, grávidas, puérperas; lactantes com bebês de até doze meses, pessoas em situação de rua, profissionais da educação, profissionais de educação física, guarda municipal, veterinários, estagiários da saúde atuando em unidade hospitalar, pessoas com comorbidades, profissionais de saúde que estão atuando, pessoas com síndrome de down, trabalhadores da saúde da linha de frente, pessoas com doenças neurológicas crônicas e pessoas com deficiência permanente – todos com mais de 18 anos.

– Sexta-feira (09) e sábado (10): pessoas com mais de 18 anos; demais grupos prioritários de fases anteriores.

Locais de vacinação, de segunda a sábado

– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto, das 8h às 17h

– Salão do Clube Mauá, Centro, das 8h às 17h

– Umpa Nova Cidade, das 8h às 17h

– Clínica Gonçalense do Mutondo, das 8h às 21h

– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara, das 8h às 17h

– Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal, das 8h às 21h

– Polo Sanitário Rio do Ouro (não tem Pfizer), das 8h às 17h

– PAM Coelho (não tem Pfizer), das 8h às 17h

– Cras Vista Alegre, das 8h às 17h

– PAM Neves, das 8h às 17h

– Umpa Pacheco (não tem Pfizer), das 8h às 17h

– Estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus de Alcântara (não tem Pfizer), das 8h às 17h

Pontos com drive thru

– Campo do Clube Mauá, Centro, das 8h às 17h

– Centro de Tradições Nordestinas, Neves, das 8h às 17h

– Cras Vista Alegre, das 8h às 17h

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email