Niterói por niterói

Publicado

São Gonçalo conclui calendário de vacinação com menos de 50% da cidade vacinada

Das pessoas com acima de 18 anos, menos de 60% tomou a primeira dose; Prefeitura diz que vacinação continua
São Gonçalo amplia vacinação contra a gripe : Foto- Divulgação Prefeitura de São Gonçalo
Foto: Divulgação Prefeitura

São Gonçalo chega, neste sábado, à conclusão de seu calendário de vacinação contra a Covid. A cidade será, sim, a primeira do estado a ter convocado toda a população acima de 18 anos aos postos de saúde, mas nessa corrida pela vacina muita gente ficou para trás. De acordo com o balanço da Prefeitura, até a noite de quinta-feira, apenas 46,53% dos habitantes, estimados em 1,092 milhão, haviam recebido a primeira dose. Já em relação à imunização completa, esse número cai para 15,06%. Os números seguem muito distantes do que os epidemiologistas consideram um cenário próximo do ideal, que pressupõe ao menos 70% da população total vacinada, índice necessário para deter a transmissão do vírus.

São Gonçalo, no entanto, apresenta os dados de forma diferente, considerando apenas a população com mais de 18 anos e, portanto, apta à vacina: 851 mil pessoas. Ainda assim, os números da cidade continuam baixos. Apenas 59,71% do público-alvo recebeu a primeira dose de imunizante. Já a imunização completa, seja com a segunda dose ou com a dose única, foi alcançada por 19,33% dos “vacináveis”. Ou seja, em uma população estimada em 1,092 milhão, apenas 164.505 pessoas estão protegidas contra a Covid.

Fazendo um comparativo com os dados disponibilizados pela Prefeitura no último sábado (3), 41% da população geral foi vacinada com a primeira dose, um aumento de 5,53% em quatro dias. São Gonçalo ainda precisa vacinar 365 mil pessoas nos próximos 90 dias, com a segunda dose das vacinas CoronaVac, Oxford/AstraZeneca ou Pfizer. Este é o intervalo necessário para quem tomou estas duas últimas vacinas se reapresente para receber a dose de reforço, que garante a imunização. No caso da CoronaVac, o retorno acontece em 28 dias.

A Prefeitura de São Gonçalo reforça que, apesar da conclusão do calendário, a vacinação não vai parar. Todos os locais de vacinação continuarão atendendo normalmente na próxima semana – tanto para aplicação da primeira dose quanto para a segunda dose e segue realizando campanhas de incentivo para a população. Neste sábado (10), todos os pontos funcionam das 8h às 17h.

Confira abaixo os locais de vacinação:
– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto, das 8h às 17h
– Salão do Clube Mauá, Centro, das 8h às 17h
– Umpa Nova Cidade, das 8h às 17h
– Clínica Gonçalense do Mutondo, de segunda a sexta, das 8h às 21h. Sábados, das 8h às 17h
– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara, das 8h às 17h
– Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal, de segunda a sexta, das 8h às 21h. Sábados, das 8h às 17h
– Polo Sanitário Rio do Ouro (não tem Pfizer), das 8h às 17h
– PAM Coelho (não tem Pfizer), das 8h às 17h
– Cras Vista Alegre, das 8h às 17h
– PAM Neves, das 8h às 17h
– Umpa Pacheco (não tem Pfizer), das 8h às 17h
– Estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus de Alcântara (não tem Pfizer), das 8h às 17h

Pontos com drive thru
– Campo do Clube Mauá, Centro, das 8h às 17h
– Centro de Tradições Nordestinas, Neves, das 8h às 17h
– Cras Vista Alegre, das 8h às 17h

Público-alvo e documentação solicitada para primeira dose
– Pessoas com mais de 18 anos:

Identidade, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência de São Gonçalo no próprio nome

– Grávidas, puérperas e lactantes com mais de 18 anos:

Documentos solicitados: autorização médica por escrito para a aplicação da vacina, identidade, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência no próprio nome e carteira de vacinação.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email