Niterói por niterói

Publicado

Rodrigo Neves (PDT) faz acordo com Eduardo Paes e Felipe Santa Cruz, do PSD

Por Camila Araujo
| aseguirniteroi@gmail.com
Aliança foi confirmada durante anúncio da pré-candidatura de Neves ao Governo do Estado; cabeça de chapa será definido nos próximos meses
rodrigo neves paes santa cruz
O pré-candidato Rodrigo Neves (PDT), ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), e do pré-candidato do PSD, Felipe Santa Cruz

O ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves  lançou sua pré-candidatura a governador do Estado do Rio pelo PDT nesta terça-feira (29), na sede da  Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio. O anúncio foi feito por Carlos Lupi, presidente do partido, e contou com a presença do presidenciável Ciro Gomes, também do PDT, do Prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), e do pré-candidato a governador pelo mesmo partido, Felipe Santa Cruz. O vice-Prefeito de Niterói, Paulo Bagueira, também esteve no evento, representando o Prefeito Axel Grael, que não pôde estar presente.

Apesar de adversários na disputa pelo Palácio Guanabara, Felipe Santa Cruz e Rodrigo Neves  dividiram o palco em clima de união. A aliança entre os dois partidos foi confirmada, mas o cabeça de chapa ainda não foi definido.

Para tomar essa decisão, o critério a ser utilizado pelos partidos será, segundo o presidente do PDT, Carlos Lupi, a viabilidade eleitoral de cada um.

– Quem tem maior aceitação, menor índice de rejeição, quem tem mais baixo conhecimento e pode crescer. É isso que tem que ser colocado na mesa para viabilizar uma candidatura – afirmou o dirigente pedetista.

Depois do dia 2 de abril, próxima sexta-feira, quando se encerra a janela partidária, Rodrigo Neves informou que novas alianças podem ser divulgadas pelo seu partido.

– A gente está conversando com cerca de dez partidos de centro-esquerda, centro-direita. Depois do dia 2 de abril, as novidades em relação às alianças vão se consolidar, ainda antes do prazo das convenções, em um processo crescente de fortalecimento dessa alternativa ao desgoverno atual – disse o pré-candidato.

Em alusão ao “casamento” entre o PDT e o PSD,  Eduardo Paes afirmou, em tom descontraído, que o papel já está assinado. “Só tem que decidir quem dorme de que lado da cama”, disse, tirando risos e palmas eufóricas do público, e completou:

“O PDT e o PSD devem sim comemorar essa aliança pelo fato de nós contarmos com duas alternativas da qualidade do Rodrigo e do Felipe”, acrescentou Paes.

A dobradinha ainda mais próxima quando, em seu discurso,  Felipe Santa Cruz fez elogios a Rodrigo Neves, em um tom que deixou dúvidas sobre a sua candidatura ao governo do Estado.

– Eu acompanho o Rodrigo desde jovem. Rodrigo é isso aqui. Passou por todas as etapas. Líder estudantil, prefeito, deputado, vereador. Sempre altivo, sempre confiante, sempre falando de política pública. Isso é muito importante para o nosso Estado – ressaltou o pré-candidato do PSD.

Também participou do evento o  Secretário de Culturas de Niterói, Leonardo Giordano, que, segundo especulações, pode ser candidato a deputado estadual pelo PCdoB, com apoio do ex-prefeito da cidade de Niterói.

Até agora, de acordo com a pesquisa eleitoral feita pelo Instituo Gerp, Rodrigo Neves tem 14% das intenções de voto e fica atrás de Marcelo Freixo (PSB) e do governador Claudio Castro (PL), com 24% e 21%, respectivamente.  Felipe Santa Cruz tem apenas 1%.

COMPARTILHE