Niterói por niterói

Publicado

Rio de Janeiro pode ter transmissão local de variante indiana do Coronavírus

Secretaria confirmou dois casos na Baixada, em pacientes que não deixaram o estado ou tiveram contato com ninguém de fora
Sequenciamento identificou dois casos de variante indiana. Reprodução
Sequenciamento identificou dois casos de variante indiana. Reprodução

Os dois casos de contaminação com variante Delta do coronavírus na Baixada Fluminense indicam que o Rio de Janeiro já tem transmissão comunitária da mutação do vírus. Tratam-se de pacientes que não viajaram ou tiveram contato com pessoas que estiveram na Índia, país de origem da nova cepa. As informações são do jornal “O Globo”.

— A transmissão provavelmente se deu aqui, mas ainda não dá para confirmar. Seria, no caso, transmissão comunitária — afirmou nesta terça-feira (6) o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, na noite de segunda-feira, a detecção de dois casos da variante Delta, no Rio de Janeiro, em moradores de São João de Meriti e Seropédica. Os pacientes são um homem de 30 anos e uma mulher de 22 anos.

Os municípios foram comunicados para e fizeram investigação epidemiológica, na qual identificaram se tratar de casos autócones, ou seja, adquiridos dentro do estado.

Os dados do monitoramento mostram ainda que a linhagem P.1 (Brasil) continua sendo a mais frequente no estado. Além disso, registrou uma baixa frequência da VOC B.1.1.7 (Reino Unido) e o declínio da P.2, desde novembro do ano passado.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email