Niterói por niterói

Publicado

Projeto ‘Sopão do Bem’ corre o risco de ser interrompido por falta de doações

Por Amanda Ares
| aseguirniteroi@gmail.com
Moradora da Viradouro que criou o projeto diz que doações caíram 80% desde o começo do ano
WhatsApp Image 2021-11-10 at 16.52.39
Giza e os voluntários do Sopão do Bem, na Rua Mario Viana. Divulgação

O projeto “Sopão do Bem”, ação social de distribuição de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade, tem enfrentado problemas para manter as atividades, depois que as doações caíram em 80%. A criadora do projeto, Gicela Augusta de Melo, reduziu o cardápio para o projeto não parar, mas já não garante que toda semana terá condições de manter a ação. Além do preço de certos alimentos como a carne e o tomate, outros custos têm feito Giza tirar do próprio bolso para não deixar de cumprir o compromisso que assumiu com diversas famílias em situação de rua de Niterói:

–  Dos doadores entravam em contato comigo, de 100, hoje 20 estão me respondendo. E se eu não tivesse os “fiéis”, eu não estaria fazendo mais nada. Abastecer o carro, por exemplo, estou tirando do meu bolso.

Projeto, agora, entrega quentinhas com as sopas, na Amaral Peixoto

O Sopão mudou seu público e local de atuação, na Rua Mario Viana, e passou a entregar quentinhas também na Avenida Amaral Peixoto, todos pos sábados. Mas até encher o tanque do carro tem sido um desafio:

– Muita gente prefere dar ingrediente do que dinheiro. Aí eu tenho, por exemplo, gás que acaba (semana passada, comprei três botijões do meu bolso), o combustível do carro, que está R$7 o litro, ou uma garrafa de óleo que acaba… 

Outra necessidade é a de pessoas interessadas em serem voluntárias na entrega e distribuição.

Como ajudar

As doações de itens da cesta básica, verduras, legumes e carnes continuam sendo muito importantes. Para esta semana, o cardápio é macarrão com salsicha porque apenas nesta quarta-feira Giza conseguiu garantir o prato. Estes e outros itens importantes, como água e material descartável, podem ser doados na sede do projeto, e é possível entrar em contato antes com Gicela pelo número (21) 99924-8300 e também pelo e-mail gmelo@hotmail.com.br , ou ainda, pela rede social do projeto @fazer.o.bem._ 

Porém, o trabalho tem outros custos, como gás de cozinha, gasolina para as entregas, e as próprias embalagens usadas na entrega das quentinhas. Para colaborar, é possível fazer uma doação via PIX:

– Gicela Augusta de Melo Pix: (21) 999248300

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email