Niterói por niterói

Publicado

Prefeitura de Niterói lança edital de R$600 mil para a Cultura no Casarão do Fonseca

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com

COMPARTILHE

No evento “Ocupa Casarão”, no futuro Centro Cultural da Zona Norte, foi sancionado o Plano Municipal de Cultura pelo prefeito Axel Grael
Casarão do Fonseca
Artistas da Zona Norte da cidade se apresentaram na inauguração simbólica do Casarão. Foto: Bruno Eduardo Alves/Prefeitura de Niterói

O futuro Centro Cultural da Zona Norte, no Casarão do Fonseca, sediou, nesta quarta-feira (14), seu primeiro evento, o “Ocupa Casarão”. Nessa inauguração simbólica, entre intervenções artísticas de grupos da região, a Secretaria Municipal das Culturas anunciou o lançamento do Edital de Ativos Culturais 2, com um investimento de R$600 mil para aquecer a economia da cultura de Niterói.

Além disso, o prefeito Axel Grael, assinou a sanção do Plano Municipal de Cultura, que complementa a estrutura das políticas culturais da cidade. Ele informou que, somente em 2023, serão aportados R$ 10 milhões em editais para a Cultura do município.

Cultura em Niterói

– Quem pratica a cultura não é o Governo. Nós temos o papel de fomentar, de identificar oportunidades como essa e colocar à disposição da população. Quem produz cultura são os artistas. Na contramão do que estamos vendo na política do país, Niterói está investindo mais do que nunca em cultura. Em Niterói, cultura é um direito – afirmou Grael que complementou: – Com esse centro cultural, com o novo restaurante popular, com a nova sede do Programa Aprendiz Musical e com o projeto de obras para a Alameda Boa Ventura, que deverá contar com ciclovias, pretendemos dar à Zona Norte da cidade mais qualidade de vida.

O secretário municipal das Culturas, Alexandre Santini, destacou que, neste ano, a Secretaria já investiu cerca de R$ 4 milhões só em edital. Segundo ele, ao longo de 2022, virão mais “oito grandes editais para aquecer a economia da cultura da cidade e potencializar a produção cultural.” Sobre o Plano Municipal de Cultura observou:

– O plano estabelece diretrizes e metas para os próximos dez anos, é um momento histórico. É a concretização do Sistema Municipal de Cultura, o CPF da Cultura: Conselho, Plano e Fundo. Niterói consolida a instituição do seu Sistema Municipal de Cultura, cumprindo uma meta da gestão deste ano.

– É muito simbólico que esteja acontecendo no dia da ocupação do espaço do casarão do Fonseca, pois já há o cumprimento de uma das diretrizes do plano, que é a descentralização, a territorialização dos investimentos culturais na cidade. De antemão, é uma grande vitória para a cultura de Niterói.

Leia mais: Niterói terá shows gratuitos de Dori Caymmi, George Israel e Luiza Possi neste fim de semana

COMPARTILHE