Niterói por niterói

Publicado

Prefeitura de Niterói começa a cobrar vacinação dos servidores

Funcionários públicos e terceirizados terão apresentar comprovante de imunização junto com a filha de ponto de setembro
Servidores teão que apresentar comprovante de vacinação. Foto- Prefeitura de Niterói
Servidores teão que apresentar comprovante de vacinação. Foto: Prefeitura de Niterói

Niterói começa a colocar em prática a cobrança de vacinação entre os servidores municipais. A Prefeitura anunciou que funcionários públicos, prestadores de serviço e contratados por qualquer órgão da administração pública terão que anexar à folha de ponto de setembro uma cópia do comprovante de imunização. A exigência foi regulamentada por decreto no mês passado.

A Prefeitura justifica que a prestação de serviço público tem que ser realizada de forma segura para funcionários e para os cidadãos. Ainda segundo o Executivo, nas repartições públicas municipais as medidas sanitárias de distanciamento, o uso de máscara facial e higiene das mãos também seguem como obrigatórias, para proteção de todos contra a Covid-19.

Por mais de um ano, o trabalho remoto foi adotado nos setores não essenciais, e o atendimento presencial foi suspenso ou limitado. Com o avanço da vacinação e a redução no número de casos de Covid-19 na cidade, a prefeitura iniciou o processo de retomada de suas atividades normais, incluindo o atendimento presencial ao cidadão.

Passaporte de vacina vale para a população a partir de outubro

A partir de 1 de outubro, entra em vigor o decreto do Programa Novo Normal Niterói, que prevê, entre outras medidas, a exigência do passaporte sanitário. A adoção do novo calendário leva em consideração a expectativa de que, até fim de novembro, toda a população elegível estará com o esquema vacinal completo, ou seja, com as duas doses ou dose única contra a Covid. Contudo, a maioria dos protocolos continua. O que muda é que as atividades que estavam com algum tipo de restrição, como eventos ao ar livre, irão voltar, aos poucos.

Outubro:

  • Carteira de vacinação será cobrada em espaços públicos e privados;
  • Praias reabrem, com uso facultativo de máscaras na areia;
  • Eventos em locais abertos serão permitidos para vacinados.

Novembro:

  • Horário livre de funcionamento de bares e restaurantes;
  • Uso de máscaras deixa de ser obrigatório em atividades ao ar livre, desde que haja distanciamento de 1 metro;
  • Grandes eventos permitidos em casas noturnas, pubs e boates, com 80% da capacidade e para vacinados.

Janeiro:

  • Suspensão de uso de máscaras em locais abertos, exceto para grupos de risco;
  • Grandes eventos permitidos em casas noturnas, pubs e boates, com 100% da capacidade e para vacinados.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email