Niterói por niterói

Publicado

Prefeito de Niterói participa da COP 28 em Dubai

Por Sônia Apolinário
| aseguirniteroi@gmail.com

COMPARTILHE

No seu perfil do Instagram, Axel Grael afirmou que, no evento, vai compartilhar as políticas públicas que está desenvolvendo na cidade
axel e marina silva
Axel Grael com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, em Dubai. Foto: reprodução

O prefeito de Niterói, Axel Grael, está em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para participar da 28ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 28. O evento, que tem como objetivo discutir e organizar iniciativas para lidar com os desafios das mudanças climáticas, começou nesta quinta (30).

Leia mais: Niterói está vulnerável à elevação do nível do mar, com aquecimento global, diz a UFF

Em vídeo postado no seu perfil pessoal do Instagram, Grael afirmou que, na conferência, vai apresentar a experiência de Niterói, “primeira cidade do Brasil a criar a Secretaria do Clima”.

– Vamos compartilhar todas as políticas públicas que a gente está desenvolvendo e que contribui para resolver os problemas da cidade e do mundo. Viemos apresentar nossas ações e falar da importância da participação dos municípios nas iniciativas contra mudanças climáticas. Niterói é destaque nessa agenda e isso nos motiva ainda mais para seguirmos com esse trabalho visionário que beneficiará as próximas gerações – disse Grael que, no evento, também representa os prefeitos brasileiros, como presidente da Comissão de Cidades Sujeitas a Desastres da Frente Nacional de Prefeitos.

Ele não deu detalhes sobre sua agenda na COP 28. Grael também participou da COP-27, ano passado, no Egito.

Certificação

A Organização das Nações Unidas (ONU), através da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCCC), certificou o programa da Prefeitura de Niterói de Boas Práticas em Neutralização de Carbono para as empresas da cidade em 2023. O programa foi concebido e executado pela Secretaria Municipal do Clima (SECLIMA) e pela Controladoria Geral do Município (CGM).

Em outubro, no Theatro Municipal de Niterói, 33 empresas da cidade foram reconhecidas pela Prefeitura de Niterói por boas práticas em neutralização de carbono O evento ocorreu no encerramento do Fórum do Clima, que reuniu mais de 400 pessoas que participaram de debates sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

De acordo com a Prefeitura, o Certificado da ONU foi concedido porque o município envolveu o setor produtivo da cidade de forma voluntária.

– A iniciativa mostrou que é possível e economicamente viável implementar ações de transição para uma economia de baixo carbono – afirmou o secretário municipal do Clima, Luciano Paez. – Receber esta certificação, que possui validação e aprovação das Nações Unidas, mostra que estamos no caminho certo para adaptarmos a cidade às mudanças do clima. Submeter o nosso programa à ONU, e sermos monitorados por eles, não é tarefa fácil, mas corrobora que as ações que estamos desenvolvendo são altamente qualificadas e metodologicamente chanceladas.

Pela certificação da ONU, foram registrados 20 créditos, que equivalem a 20 toneladas de carbono. Este processo faz parte de um programa da UNFCCC para regulação das emissões de carbono em todo o planeta. Criada em 1992, na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (ECO 92), a UNFCCC é o órgão máximo das Nações Unidas para deliberar sobre as mudanças do clima.

A cidade de Niterói aderiu à campanha “Race to Zero” (Corrida para Zero) das Nações Unidas, que reúne empresas, cidades, regiões e investidores para uma recuperação saudável, resiliente e com zero emissões de carbono. A campanha visa prevenir ameaças futuras, criar empregos dignos e desbloquear um crescimento inclusivo e sustentável. Neste sentido, a Prefeitura de Niterói vem desenvolvendo projetos para caminhar para a meta de 2050 com emissões zeradas de carbono.

COMPARTILHE