Niterói por niterói

Publicado

Posto Médico de Família do Engenho do Mato fechado por falta de condições de funcionamento

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Vistoria da Comissão de Saúde e Bem Estar Social encontrou o prédio sem luz, inundado, e com várias avarias na estrutura
Design sem nome (31)
Comissão de Saúde vai pedir esclarecimentos sobre o funcionamento da unidade. Foto: Comissão de Saúde de Bem Estar Social

Uma vistoria feita pela Comissão de Saúde e Bem Estar Social da Câmara Municipal de Niterói, nesta sexta-feira (14), encontrou o Posto Médico de Família do Engenho do Mato em condição insalubre. Fechado há dois dias por falta de energia, o prédio ainda estava inundado por causa da última chuva, de quarta-feira (12), e mostrava paredes despencando e teto pingando por causa da infiltração.

Sala de medicamentos alagada e parede sem reboco por causa da infiltração. Foto: Comissão de Saúde e Bem Estar Social
Problemas na estrutura fizeram a chuva da primeira semana de janeiro causa estragos no prédio. Foto: Comissão de Saúde de Bem Estar Social

Funcionários contaram à comitiva que fez a vistoria, por voltas das 16h, que um eletricista foi chamado no dia 11 para religar a luz, mas que a água caindo do teto era tanta que a luz logo acabou de novo.

Um dos funcionários que não quis se identificar contou que o prédio já representava um risco à segurança dos pacientes, funcionários e ao patrimônio:

– Ontem estava tudo sem luz, aí ele fecharam. Hoje (11), conseguiram fazer uma gambiarra, a luz voltou, mas o eletricista disse que a qualquer momento podia acabar de novo, porque o disjuntor não está conseguindo aguentar aquela quantidade toda de água na fiação. Então, é até melhor que fique sem luz, porque com a luz ali ligada, computador ligado, tudo ligado, o risco de incêndio ali é muito grande. Está muito difícil.

Presidente da Comissão de Saúde Paulo Eduardo Gomes (PSol) encontrou o Posto Médico de Família trancado. Foto: Comissão de Saúde de Bem Estar Social

No dia seguinte, a luz voltou a cair e o prédio precisou ser fechado, e os equipamentos todos desligados. A sala de medicamentos também inundou, e geladeiras e outros equipamentos, foram desligados da tomada.

Funcionários disseram que havia risco de curto circuito por causa da água incidindo na fiação elétrica. Foto: Comissão de Saúde de Bem Estar Social

O Presidente da Comissão de Saúde, Paulo Eduardo Gomes (PSol), afirmou que vai enviar à Secretaria Municipal de Saúde uma minuta informando as condições em que encontrou o posto Médico de Família do Engenho do Mato, além de pedir explicações sobre as precárias condições de funcionamento do local. Segundo ele, moradores também reclamam a falta de médicos.

 

 

 

COMPARTILHE