Niterói por niterói

Publicado

Por que existe o Dia Internacional dos Direitos Humanos?

Por Fabiana Batista
| aseguirniteroi@gmail.com
Na sexta-feira (10), Prefeitura lança Rede de Direitos Humanos de Niterói e Programa Municipal de Promoção e Educação em Direitos Humanos
Mac museu de arte contemporânea
Mostra Audiovisual “Juventude e Direitos Humanos” será no MAC | Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (10), é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Há 73 anos, em 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas instituiu a Declaração Universal dos Direitos Humanos para marcar um acordo, ao qual países do mundo todo fizeram, sobre uma declaração abrangente de direitos humanos inalienáveis, que contribua na redução das violações de direitos humanos.

Direitos humanos assegurados a todos os seres humanos quer dizer que todos têm direito à vida, à liberdade, à dignidade, à defesa e à saúde, independentemente de nacionalidade, credo religioso, sexualidade, etnia, opinião política ou outros critérios do mesmo tipo.  

No Brasil, o dia é comemorado por defensores dos direitos humanos por entenderem que o país passou por capítulos dolorosos. Tais como escravidão, na época colonial, tortura, mortes e desaparecimento na ditadura militar de 1964 e 1985 e vive, até hoje, assassinatos e violência a população negra e periférica.

O tema deste ano será “Equality”, relacionado ao Artigo nº 1 da Declaração: “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados da razão e da consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”.

Neste dia, em todo o mundo, entidades promovem eventos relacionados ao tema do ano. Em Niterói, a programação vai contar com o lançamento da Rede de Direitos Humanos de Niterói e do Programa Municipal de Promoção e Educação em Direitos Humanos. E, em parceria com o Observatório Internacional da Juventude, a Prefeitura promove a Mostra Audiovisual “Juventude e Direitos Humanos”.

Programação completa:

 

Quarta-feira (08)

 

14h: Reunião de Pesquisadores do Observatório Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Ompir)

Local: Auditório do Caminho Niemeyer

 

19h: Live “Os Direitos Humanos e A Modernidade Recontada” – com a Dra em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rachel Aguiar.

Transmissão pelo Instagram da Secretaria de Direitos Humanos de Niterói

 

Sexta-feira (10)

 

14h: Lançamento da Rede de Direitos Humanos de Niterói e Assinatura e Lançamento do Programa Municipal de Promoção e Educação em Direitos Humanos (PMPEDH)

 

16h: Mostra Audiovisual “Juventude e Direitos Humanos”

Local: Museu de Arte Contemporânea (MAC)

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email