Niterói por niterói

Publicado

Pesquisa de rede hospitalar também mostra ligeira redução de casos positivos de Covid

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Mas taxa de infecção ainda é muito alta e todo cuidado é pouco para se proteger contra o vírus
WhatsApp Image 2022-01-20 at 12.05.14
Fila no posto do Vital Brasil, em Niterói, no começo de janeiro: número alarmante de casos de Covid

Depois da explosão de casos de Covid nas primeiras semanas de janeiro, os testes com resultados positivos começam a registrar ligeira redução em alguns municípios. A advogada Fernanda Barbosa, de 47 anos, foi nesta terça-feira (1/2) fazer o teste de Covid numa farmácia de Niterói porque sua mãe e sua irmã, com quem tivera contato, estavam comprovadamente contaminadas. O resultado de Fernanda foi negativo.

A moradora de Icaraí conta que perguntou à farmacêutica se a procura por testes ainda estava tão  grande como no começo de janeiro, quando as filas chegaram a durar horas, e a profissional respondeu que tanto a procura quanto os resultados positivos caíram desde a semana passada.

Levantamento realizado pela Dasa, a maior rede de saúde integrada do Brasil, também identificou uma ligeira queda de positividade para SARS-CoV-2 (o vírus da Covid-19): de 60,39% na semana de 17 a 23 de janeiro  para 58,62% na semana seguinte, de 24 a 30 de janeiro de 2022, nas mais de 900 unidades de saúde da marca em todo Brasil. É uma redução ainda muito pequena, que mostra mais estabilidade nos números do que diminuição significativa, mas que já dá alguma esperança. Em Niterói, a Dasa tem o Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), o maior da cidade.

Houve, por outro lado, segundo a Dasa, um aumento de 51,1% no volume de testes de Covid-19 realizados em toda a rede no Brasil na semana de 24 a 30 de janeiro.

Estado do Rio tem queda maior

O Rio de Janeiro é a região onde há maior registro de queda da média de positividade, com menos 9 pontos percentuais: de 65,62% na semana de 17 a 23 de janeiro  para 56,26% no período 24 a 30 de janeiro, pelo levantamento da rede Dasa.

Em São Paulo, também houve diminuição na positividade para SARS-CoV-2, passando de 60,44% para 56,57% no mesmo período. Já o Distrito Federal apresentou crescimento de 4 pontos percentuais de positividade, passando de 49,55%, na semana de 17 a 23 de janeiro, para 53,85% na semana de 24 a 30 de janeiro. Outra região com aumento de positividade para Covid-19 foi o Nordeste, passando de 60,98% para 64,68%, no mesmo período, 4 pontos percentuais a mais.

Coinfecção

Na semana de 24 a 30 de janeiro houve estabilização nos casos sw coinfecção de Covid-19 e Influenza, marcando 0,91%, índice de positividade entre os pacientes da rede Dasa testados concomitantemente para ambos os vírus respiratórios. Até o momento, foram registrados 396 casos de coinfecção no Brasil pela rede.

 

COMPARTILHE