Niterói por niterói

Publicado

Pelo menos 8 pessoas são mortas durante operação da PM no Salgueiro, em São Gonçalo

Por Amanda Soares
| aseguirniteroi@gmail.com
Moradores denunciam chacina, que teria começado após a morte de sargento militar na região
Moradores estão assustados com violência da ação da PM. Foto de leitor
Carros da PM e moradores na região onde ocorreu a chacina

Seis meses depois da chacina que vitimou 28 pessoas na Favela do Jacarezinho, no Rio,  uma operação da PM no Salgueiro, em São Gonçalo, deixou ao menos oito mortos.  Apesar de já terem sido encontrados os oito corpos, moradores afirmam que haveria pelo menos 20 mortos, o que não foi confirmado pela polícia.

Segundo a Plataforma Fogo Cruzado, os tiroteios ocorreram na noite deste domingo, 21 de novembro. Moradores encontraram oito corpos em um manguezal na comunidade, após a operação da Polícia Militar.

A operação começou depois de o sargento da corporação Leandro Rumbelsperger ter sido assassinado em um confronto com criminosos na manhã de domingo.

A Polícia Militar continua no bairro, com muitos policiais e carros e, agora, um blindado da PM.

Das 58 chacinas já ocorridas em 2021, segundo dados do Instituto Fogo Cruzado, cinco foram no Salgueiro de São Gonçalo. Nos últimos cinco anos, foram 11 ao todo. A diretora de programas do instituto declarou que considera o acontecimento uma tragédia, também pelo fato de não ser um caso isolado na segurança pública no Rio.

– Estamos falando de tragédias que se repetem a cada dois meses.

 O vereador Romário Régis publicou em suas redes sociais uma nota de pesar pela comunidade e pela morte do sargento, e destacou o descaso com o Estado na proteção dos agentes de segurança e a violência da operação:

“A morte do Sargento da PMERJ Leandro Rumbelsperger é o retrato de como o Governo do Estado não protege seus agentes. Temos mais um policial vítima dessa política de segurança imbecil e pouco estruturada que expõe seus próprios profissionais e a população, que fica no meio dessa guerra”, escreveu o vereador.

O vereador afirma que moradores falam em mais de 20 pessoas mortas na operação, de domingo para esta segunda-feira:

“Na chacina que aconteceu no Salgueiro, as pessoas já falam em mais de 20 mortos. Isso não é política de segurança”, declarou ele em redes sociais.

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email