Niterói por niterói

Publicado

Novo Segurança Presente já muda a cara do policiamento de Niterói

Governo do Estado encampou o Niterói Presente de olho nas eleições de 2022
Segurança Presente Niterói. Foto- Reprodução
Segurança Presente Niterói. Foto: Reprodução

Quem anda por Niterói nesta sexta-feira com olhar um pouco mais atento já deve ter percebido a mudança no policiamento no primeiro dia do programa Segurança Presente Niterói. Os coletes laranjas deram lugar a um azul mais sóbrio, os tons do Governo do Estado, que decidiu assumir o Niterói Presente, tirando dele o nome e “a cara” da Prefeitura.

As estratégias de policiamento também mudaram. Pela manhã, as blitzes de motocicletas em pontos regulares, como as ruas Noronha Torrezão e Geraldo Martins já não foram realizadas. O Governo ainda não informou as prioridades de ação, mas está apostando na publicidade para contornar as críticas ao rompimento abrupto do convênio que garantia o Niterói Presente.

Em vídeo publicado nas redes, o Governo reitera que a operação não acabou e que será totalmente custeada pelo estado. Também afirma que o efetivo será ampliado em cerca de 40%, o que corresponde a mais 160 agentes nas ruas. O novo Segurança Presente Niterói atuará em dez locais: Icaraí, Centro, Santa Rosa, Fonseca, São Francisco, Charitas, Jurujuba, Barreto, Região Oceânica e Pendotiba, onde não havia a operação.

De olho em 2022

A mudança no programa de segurança tem como pano de fundo a disputa eleitoral de 2022. Cláudio Castro tenta capitalizar o sucesso da iniciativa e fortalecer a imagem de seu governo dentro dos municípios. O caso de Niterói é mais específico, porque o Niterói Presente carregava até as cores da Prefeitura de Niterói e ficou ligado à gestão de Rodrigo Neves, seu futuro oponente nas urnas. Também não à toa os oponentes do ex-Prefeito se apressaram para anunciar e comemorar a novidade nas redes sociais.

Entenda o caso

Na última quarta-feira (1), a Prefeitura de Niterói afirmou que o prazo para a renovação do convênio entre município e Governo do Estado havia oficialmente expirado, apesar das sinalizações positivas por parte de Castro meses antes. A Secretaria de Estado de Governo simplesmente não deu andamento aos trâmites para a prorrogação da iniciativa. No fim da tarde de quinta-feira, o Governador anunciou nas redes que o policiamento na cidade seria feito pelo Segurança Presente, coo

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email