Niterói por niterói

Publicado

Novo ‘A Seguir: Niterói’ será mais ágil, interativo e presente na vida da população

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Redes sociais serão nosso ponto do encontro com o leitor para juntos contribuirmos com a cidade
Foto do Gustavo Stephan
Interação e agilidade serão as marcas do novo “A Seguir”. Foto: Gustavo Stephan

Interatividade, agilidade, prestação de serviço e relevância no dia a dia da cidade. A partir da próxima segunda-feira, 8 de novembro, o A Seguir: Niterói estará de cara nova e muito mais próximo do leitor. Sempre apostando no jornalismo local, queremos ter um canal aberto com a população para juntos contribuirmos com a coletividade. Estamos a apenas uma tela de distância.

Além do site, as redes sociais serão nosso ponto de encontro com o leitor. Através delas, queremos ouvir a população, o que acontece em cada canto da cidade. Contamos com a participação de cada um, e à nossa equipe caberá apurar os fatos, seguindo as boas práticas do jornalismo profissional, para informar e lutar contra a desinformação.

Vamos ampliar nossos canais de comunicação, Instagram, Facebook, WhatsApp e Twitter, como ferramentas de escuta da cidade. Cada leitor poderá sugerir, denunciar e apresentar as questões que afetam seu dia a dia.

Aposta no jornalismo local

Nos Estados Unidos, há uma crescente revitalização do jornalismo local ou comunitário, fenômeno registrado a partir da crise dos veículos tradicionais de informação e da multiplicação de informadores independentes, com redes sociais, blogs, podcasts e influenciadores.

– Há alguns anos vivemos uma revolução na indústria profissional de mídia com o surgimento da internet. Além de virar de cabeça para baixo a forma de se produzir, divulgar, consumir e financiar o jornalismo profissional, a internet provocou ainda duas revoluções mais amplas no rastro dessas mudanças: os fluxos de informação hoje são múltiplos, com o jornalista e o leitor se revezando em seus papéis de produtores/receptadores de notícia, e a multiplicação dos conteúdos em circulação. É neste contexto que o jornalismo profissional, e especialmente o local, se tornam mais necessários – diz Silvia Fonseca, jornalista com 30 anos de experiência na grande imprensa tradicional e uma das fundadoras do A Seguir.

 

Além de novas seções e de uma dezena de colunistas, a nova plataforma dinamiza e traz mais espaço para conteúdos publicitários, como frisa o publicitário Wilson Pessoa, também fundador do site:

– A nova plataforma oferece formatos e inserções com mais impacto e flexibilidade, sempre mantendo o fundamental equilíbrio entre conteúdo editorial e publicitário. Nosso público é o morador da cidade, qualificado e interessado nas notícias locais e também nas ofertas de serviços e produtos das empresas daqui. É esse ambiente exclusivo sobre Niterói que diferencia o A Seguir e torna as campanhas publicitárias muito mais efetivas.

Novas seções e colunistas estreiam junto com a nova plataforma, no próximo dia 8 de novembro, segunda-feira.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email