Niterói por niterói

Publicado

Niterói teve um tiroteio por dia na primeira quinzena de julho

Niterói teve um tiroteio por dia na primeira quinzena de julho
Região de Pendotiba teve três tiroteios, no Badu. Foto- Divulgação:Prefeitura de Niterói
Região de Pendotiba teve três tiroteios, no Badu. Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói

Niterói registrou, na primeira quinzena de julho, em média um tiroteio por dia, em favelas e no asfalto, em todas as regiões da cidade. Os dados são da plataforma Fogo Cruzado, que reúne informações e apresenta estatísticas sobre Segurança Pública.

Segundo informações do site, a Zona Norte, mais uma vez, foi a região mais violenta, que concentra um terço de todos os registros de disparos da cidade. Foram ao menos cinco incidentes no Fonseca.

Em segundo lugar, aparece a Região de Pendotiba com três tiroteios, todos no Badu. Um deles à luz do dia, ocorrido na última terça-feira, por volta de 17h. Também há registros de tiros em Piratininga, Cantagalo e Icaraí.

Apesar dos índices ruins, julho não supera o mês anterior no número de tiroteios. Na primeira quinzena de junho, houve 18 registros de trocas de tiro em Niterói. O mês terminou como um dos mais violentos do ano, com aumento de 500% nas trocas de tiros em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com as estatísticas da Fogo Cruzado, os confrontos entre facções no Morro do Estado, ocorridas no mês passado, representaram 67% de todos os registros de trocas de tiros na cidade.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email