Niterói por niterói

Publicado

Niterói terá radar meteorológico para monitorar o clima em tempo real

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com

COMPARTILHE

Nomeado de Banda X, equipamento terá um raio de 100 quilômetros e será instalado, em dezembro, no Parque da Cidade
Prefeitura adquire radar ultramoderno. Foto: Prefeitura
Prefeitura adquire radar ultramoderno. Foto: Prefeitura

Em preparação para o verão e, consequentemente para as chuvas decorrentes da estação, a Prefeitura de Niterói adquiriu um radar meteorológico, considerado ultramoderno, que visa fazer o monitoramento do clima em tempo real. De acordo com o município, o novo radar tem a capacidade de rastrear tempestades à distância, além de identificar a trajetória e aproximação de áreas de risco.

Leia mais: Depois de 15 anos fechado, um projeto para o Cinema Icaraí

Com um raio de 100 quilômetros, outros municípios como a capital e outras 42 cidades – da Baixada Fluminense, Região dos Lagos, Centro-Sul fluminense e Vale do Paraíba – poderão usar as informações geradas pelo equipamento, que recebeu o nome de Banda X. Os dados ficarão disponíveis no site da Defesa Civil de Niterói.

– O radar será fundamental para a medição e prevenção de chuvas em áreas críticas do município e, principalmente, um investimento para deixar a cidade mais preparada para o verão, já que é considerado pelos meteorologistas a principal ferramenta para a previsão de curtíssimo prazo – informa, em nota, a Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia.

A cidade de Niterói, igualmente aos outros municípios da região metropolitana do Rio, consulta o monitoramento do Centro de Operações Rio, da prefeitura da capital. O equipamento, no entanto, tem um “ponto cego” no Morro do Sumaré, que impede a visualização de parte das cidades de Niterói e Maricá. Com o novo radar, essa área estará plenamente coberta

Banda X

A base para receber o equipamento, que chega no início de dezembro, será instalada no Parque da Cidade, em São Francisco. Além do radar, Niterói também vai passar a contar com mais três estações meteorológicas automáticas. No momento, há duas em operação: uma no Parque das Águas, no Centro, e outra no Preventório, em Charitas. Os novos equipamentos serão instalados em Pendotiba, Zona Norte e Região Oceânica.

Outra novidade é a aquisição de estações de monitoramento da qualidade do ar. Serão três automáticas e seis semiautomáticas. Esses equipamentos medem a concentração de vários gases como o metano e, principalmente, o ar particulado. No total, este conjunto de investimento para o monitoramento meteorológico e de qualidade do ar terá aporte de R$ 18,5 milhões.

– O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil dá um passo importante no processo de aprimoramento das ações voltadas à redução dos riscos de desastres, possibilitando a adoção de medidas preventivas e de preparação contra ameaças relacionadas às chuvas fortes, aumentando a condição de segurança do morador – avaliou o secretário municipal de Defesa Civil de Niterói, tenente-coronel Walace Medeiros.

Combate a queimadas

Com investimento de cerca de R$ 5 milhões, o Município também promete adquirir veículos equipados para aumentar a capacidade de eliminação de focos iniciais de queimadas e rondas preventivas, além de dois drones de alta capacidade que serão usados para orientar as equipes de solo no combate a esses incêndios e avaliar o dano causado.

O plano conta ainda com a substituição de veículos da frota municipal por carros elétricos; a utilização de energia solar fotovoltaica; a implantação do Programa Municipal de Educação Climática, com o desenvolvimento de ações em setores como comércio, serviço, indústria, clube e organizações da sociedade civil.

COMPARTILHE