Niterói por niterói

Publicado

Niterói terá grande feira de negociação de dívidas ainda em outubro

Por Amanda Ares
Iniciativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas integra o conjunto de estratégias para a recuperação do comércio na cidade
Foto- Amanda Ares
Foto: Amanda Ares

No evento Segurança Pública da Cidade, promovido pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL-Niterói) nesta quinta-feira (14), comerciantes da cidade ouviram um discurso otimista do presidente da organização, Luiz Vieira. O aquecimento do setor a partir do Plano de Retomada Econômica de Niterói norteou o encontro. Na ocasião, foram anunciadas estratégias de incentivo ao consumo local e recuperação fiscal, como uma feira de renegociação de dívidas e o sorteio de R$30 mil em prêmios, já pensando em criar um ambiente favorável para as vendas de fim de ano. O encontrou contou com a participação do Secretário Municipal de Ordem Pública, Coronel Paulo Henrique, que falou sobre o apoio que vendo sendo planejado pela pasta ao comércio no Natal.

Desde o começo do evento, Luiz Vieira tentou estimular o otimismo entre os lojistas presentes, sem esquecer do motivo principal da desaceleração do comércio desde de março de 2020: a pandemia.

— Aqui não tem política. Aqui falamos sobre negócio, sobre desenvolvimento do empresariado, é isso que nós buscamos — disse Vieira. — O empresariado tem que acreditar, tem que buscar. Não adianta dizer “tá ruim, tá ruim”. Nós temos que procurar um meio: como melhorar?

Quita, Niterói

Uma das estratégias da CDL para “melhorar” a situação e incentivar o consumo é ampliar as oportunidades de quitação de dívidas. Para isso, a entidade prepara uma grande feira de negociação, que Luiz Vieira chamou de “Quita, Niterói”, a ser realizada ainda em outubro. Segundo o presidente da entidade, pessoas com dívidas em bancos, concessionárias e comércio em geral, poderá negociar os débitos. Dívidas com a Prefeitura também poderão ser parceladas:

– Com isso, a gente busca fazer com que essas pessoas consigam resolver seu problema de crédito, e ficarem aptas a voltar para o mercado de consumo.

O Quita, Niterói será realizado na sede da CDL, nos dias 25, 26 e 27, às 9h, em parceria com a Secretaria de Defesa do Consumidor.

Natal 2021

Na sequência, Vieira falou sobre o assunto mais esperado pelos lojistas: estratégias do comércio para o Natal 2021. Ele anunciou o Natal Premiado, realizado todos os anos pela CDL, e que terá três tipos de prêmios este ano: serão R$ 30 mil em dinheiro, além de outras vantagens. Tudo para incentivar o comécio local.

– Vamos ter um Papai Noel circulando as lojas, como nós sempre fizemos, fazendo a campanha [dos sorteios].

Segurança em pauta

O encontro na CDL girou em torno do tema segurança pública e teve como convidado o Secretário Municipal de Ordem Pública, coronel Paulo Henrique. Ele apresentou o gráfico dos roubos de rua nos últimos quatro anos, que apontam uma queda de ocorrências, de modo geral. O Secretário comentou, ainda, que os meses que são registradas altas são seguidos de queda, e que podem ocorrer variações devido ao que chamou de ‘sazonalidades’:

– Isso vem demonstrando a progressão do nosso trabalho. É o quadro que mostra se a política pública está funcionando.

Coronel Paulo Henrique (esq.) e Luiz Vieira. Foto: Reprodução

Paulo Henrique atribui a queda de crimes de rua ao sistema de vigilância, a ao auxílio da tecnologia para a Segurança Pública. Ele comentou a mudança da gestão do Segurança Presente (antigo Niterói Presente) e afirmou que, para o empreendedor e para o cidadão, não importa quem está no comando do programa, mas que os índices de criminalidade sejam reduzidos:

– Com a mudança, a gente teve um espaço pra poder afinar nossa atuação. A decisão é continuar investindo em segurança, revertendo os recursos que antes eram usados no Niterói Presentes em outros investimentos.

Mais viaturas e nomeação de mais guardas municipais

O Secretário destacou dois objetivos da Secretaria: implantar um policiamento extraordinário, medida discutida pelo Conselho Comunitário de Segurança Pública, em setembro:

– Serão 12 equipes com dez viaturas cada uma, pagas pela Prefeitura, para fazer durante determinado período em determinados lugares, conforme for observado, uma intensificação de policiamento naquela região.

O Secretário afirmou que a primeira equipe começará a atuar ainda em outubro, e o planejamento será feito a partir de demandas pontuais, como a que estava acontecendo no Engenho do Mato.

Outra estratégia será a nomeação de quase 300 novos guardas municipais para coibir os furtos no comércio, assunto de especial interesse dos participantes da reunião. Ele diz que o projeto já foi estudado e orçado.

– Já está mapeado, já está no orçamento, e esse processo acontecerá dentro da decisão de continuar investindo para sanar o problema.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email