Niterói por niterói

Publicado

Niterói sedia Desafio Solar Brasil com corrida de barcos a partir desta quarta-feira

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Competição acontece de 16 a 22 de março, e é fruto de parceria entre a Secretaria Municipal do Clima e a UFRJ
Design sem nome (62)
Barcos movidos a energia solar vão sinônimo de sustentabilidade também no ar. Foto Divulgação

Entre os dias 16 e 22 de março, Niterói vai sediar uma competição com barcos movidos a energia solar. O evento é uma parceria da Secretaria Municipal do Clima e a UFRJ, e é uma etapa importante do Desafio Solar Brasil (DSB), desenvolvido pelo Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social da Universidade. A programação começa com uma barqueata do Fundão até Niterói às 10:30 desta quarta-feira (16), e a largada será na Praça do Rádio Amador, em Charitas, às 15h.

Serão 14 equipes competindo com barcos que foram construídos especificamente para essa competição. Segundo os organizadores, o objetivo é descobrir quem tem o melhor desempenho e domínio sobre a montagem e construção de embarcações movidas a energia solar, estratégias de competição, organização e gerenciamento energético.

Duas das equipes são de Niterói, sendo uma da Universidade Federal Fluminense e outra da Escola Técnica Estadual Henrique Lage. As outras são formadas por participantes da cidade do Rio de Janeiro, de Macaé, Florianópolis, Angra dos Reis, São João da Barra e Joinville.

O Secretário municipal do Clima de Niterói, Luciano Paez, diz que o objetivo de conectar conhecimento científico, educação, cultura e esporte é sensibilizar as pessoas quanto às fontes de energia limpa e sustentável.

Além da competição no mar, há também uma programação com atividades de ecoturismo, rodas de conversa, shows e feirinha. Haverá um tour com os participantes até a trilha do platô, no Parque da Cidade, além de um esquema especial para chegada dos competidores e turistas, com montagem de palco, tendas, som e um Centro de Atendimento Turístico. O evento conta também com o apoio da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur).

O presidente da Neltur, Paulo Novaes, afirma que o evento, além de contribuir para a vinda de turistas e movimentar a economia da cidade, “é mais um incentivo para que Niterói avance como uma cidade sustentável”.

Programação – A estrutura da Neltur funcionará todos os dias da competição, das 9h às 17h, com os turismólogos Gustavo D’Ippólito, Renato Lima e Marcos Miklos e estagiários se revezando distribuindo material especializado a respeito da cidade, como a revista Niterói Experimente, e propagação de dois roteiros turísticos: “Niterói em 3 dias” e “Orla Niemeyer”.

Além da competição e da trilha, o evento contará com diversas palestras que vão abordar assuntos relacionados à educação ambiental, energia renovável e transporte marítimo.

Confira a programação das rodas de conversa

Dia 16 – Energia e tecnologia de embarcação com especialistas como: Rafael Coelho (Tide Wise); André Araújo (UFF); Gustavo Leal (DSB); Lars Grael, velejador, e Walter Suemitau (UFRJ).

Dia 17 – Mudanças climáticas e recursos hídricos: Christiane Bernardo (presidente da Baía de Guanabara); Samuel Gonçalves (Confederação Brasileira de Vela); Francisca Dalila Menezes Vasconcelos – Analista de planejamento e gestão do Instituto de Planejamento de fortaleza (Iplanfor – Fortaleza-CE) e Marcos Freire (VIG/UFRJ)

Dia 18 – A importância da Educação Climática: Vinícius Wu (secretário de Educação); Luciano Paez (Secretário do Clima); Sergio Besserman (JBRJ).

Dia 19 – Décadas dos Oceanos e eventos extremos: Eduardo Bulhões (UFF); Paulo Hargreaves (UFRJ); Cel Walace, secretário Municipal de Defesa Civil e Geotécnica de Niterói.

Dia 20 – Uso Sustentável dos Territórios:  Walter Plácido Teixeira Júnior (Lavoro); Dayse Monassa (secretária Municipal de Conservação e Serviços Públicos); Luciano Paez (secretário de Clima).

Dia 21 – Meio Ambiente e Resíduos: Luiz Fróes (presidente da Companhia Municipal de Limpeza Urbana de Niterói – Clin).

Dia 22 –Rafael Robertson (secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói); Ricardo Bonfin (Enel); Luciano Paez (secretário de Clima).

COMPARTILHE