Niterói por niterói

Publicado

Niterói recebe novos lotes de vacina para retomar 2ª dose de AstraZeneca

Secretaria Estadual de Saúde confirmou a entrega de lotes de AstraZeneca, Pfizer e Janssen a todos os municípios
Carregamentos de vacina foram distribuídos. Foto- Divulgação:SES
Carregamentos de vacina foram distribuídos. Foto: Divulgação/SES

Niterói recebeu, na manhã deste sábado, um novo carregamento de vacinas, inclusive da AstraZeneca para segunda dose. A remessa chega dois dias depois da suspensão das aplicações da D2, que devem ser retomadas no começo da semana. Também chegaram novos lotes de imunizantes da Pfizer e da Janssen, mas as quantidades não foram divulgadas.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou a distribuição de 714.440 doses de vacinas. Foram entregues 174 mil doses de Oxford/AstraZeneca para primeira aplicação e 135.440 para segunda aplicação. Já da Pfizer, foram 252.720 para primeira dose e 57.330 para segunda dose, além de 7.700 da Janssen (aplicação única). Também foram entregues 87.250 doses de Oxford/Astrazeneca liberadas pela Fiocruz, mas ainda sem informe técnico do Ministério da Saúde quanto à indicação de uso.

As vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) chegaram na noite desta sexta-feira (06.08) na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Em seguida, os produtos foram inspecionados e tiveram os lotes inseridos no sistema. O município do Rio de Janeiro retirou sua parte ainda durante a noite, e os outros, no sábado.

– A cobertura vacinal em todo o Estado do Rio de Janeiro está avançando. Hoje, temos 62% da população imunizada com a primeira dose contra a Covid-19 e 27% com a segunda aplicação ou dose única. É importante completar o ciclo vacinal para garantir a eficácia da vacina, principalmente pela circulação da variante Delta no Rio de Janeiro – recomenda o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) vem reforçando rotineiramente com as secretarias municipais de Saúde a importância de responsáveis técnicos e gestores municipais organizarem suas ações de vacinação, respeitando a destinação das doses para a primeira ou segunda aplicação do esquema vacinal. A SVAPS ressalta que a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional e igualitária a todos os municípios.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email