Niterói por niterói

Publicado

Niterói recebe novo carregamento de vacinas Pfizer, Janssen e AstraZeneca

Secretaria Estadual de Saúde entregou, ao todo, 755.400 doses de vacinas contra a Covid-19 aos 92 municípios fluminenses
niterói-recebe-novo-carregamento-de-vacinas-pfizer-janssen-e-astrazeneca
Vacinas foram entregues ao município. Divulgação/Prefeitura de Niterói

Niterói recebeu, no início desta semana, mais um carregamento de vacinas da Janssen, Pfizer e AstraZeneca. Os lotes fazem parte de um carregamento com 755.400 doses de imunizantes contra a Covid-19, que foram distribuídas aos 92 municípios fluminenses.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), foram entregues, entre segunda e terça-feira, 190.710 doses da Pfizer para primeira aplicação, 328.990 doses da vacina Oxford/Astrazeneca para segunda aplicação e 235.700 doses de Janssen para aplicação única.

Os municípios do Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Maricá e Itaboraí fizeram a retirada diretamente na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Para distribuir às outras cidades, comboios de vans e caminhões saíram da CGA para entrega dos imunizantes, além de quatro helicópteros, que levaram as vacinas para as regiões da Costa Verde, Norte, Noroeste e Baixada Litorânea, sendo uma aeronave da Saúde, duas do Governo do Estado e uma do Corpo de Bombeiro.

– Estamos avançando na imunização, mas é importante que a população retorne aos postos para tomar a segunda dose do esquema vacinal, pois somente assim alcançaremos a imunização coletiva – explica o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Assim como nas entregas anteriores, a SES enviará ofício para as secretarias municipais de Saúde reforçando a importância de que os responsáveis técnicos e gestores municipais organizem suas ações de vacinação, priorizando os grupos elencados no Programa Nacional de Imunizações (PNI), e respeitando as doses que são destinadas para a primeira ou segunda aplicação. A SES reitera que não há reserva técnica para reposição das vacinas, caso a administração das doses não siga o especificado, e destaca ainda que a gestão da aplicação das doses e o registro são de competência municipal.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email