Niterói por niterói

Publicado

Maior vilã da inflação, gasolina subiu 47,49% e bateu recordes nos postos de Niterói

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
A inflação fechou 2021 em 10,06%, a maior alta em seis anos.
Design sem nome (26)
Posto Petrobrás no bairro de São Francisco

A inflação oficial, medida pelo IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Ampliado, do  IBGE, fechou 2021 em  10,06%, a maior alta em seis anos. Esse aumento, o  morador de Niterói já sente no bolso.

Um dos violões da inflação é o combustível. Em 2021, o etanol acumulou um aumento de 62,23% e a gasolina, 47,49%, em doze meses. Assim, Niterói  exibe um dos preços mais altos da gasolina. Pode chegar até R$ R$7,79, o litro, como está sendo  cobrado, por exemplo, no posto Petrobrás de São Francisco.

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2022, no município, sofreu um reajuste de 10,25%. É possível, porém, “driblar” grande parte do aumento. Os contribuintes que optarem por quitar a cota única até o dia 07 de fevereiro terão 10% de desconto. Caso estejam incluídos no benefício da Lei do Bom Pagador, o desconto chega a 14,5%. Somente no caso do desconto “Bom Pagador”, o benefício vale tanto para quem optar pelo pagamento em cota única quanto pelo parcelamento.

Para 2022, o salário mínimo passou de R$ 1.100 para R$ 1.212, que representa não aumento real, mas recomposição de perdas inflacionárias.

A Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos (PNCBA) indicou que a cesta básica, composta por 13 itens considerados indispensáveis na alimentação, ficou mais cara em todas as capitais, sendo que o reajuste é diferente para cada uma delas. A pesquisa mostrou ainda que, só em dezembro, o trabalhador que recebeu o salário mínimo (então de R$ 1.100) comprometeu 58,91% de sua renda apenas para a compra dos itens básicos, como arroz, feijão, óleo, farinha e macarrão.

Dessa forma, na hora de ir às compras, a única forma de economizar e comparando os preços entre os mercados.

Em Niterói, no quesito carne, o quilo do acém varia de  R$24,98 (Guanabara e Supermarket) a R$26,90 (Prezunic). O ovo pode custar entre R$7,29 (Princesa), R$8,49 (Prezunic) e R$9,90 (Pão de Açucar). Já o  óleo, oscila entre R$7,99 (Guanabara) e R$8,49 (Prezunic).

 

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email