Niterói por niterói

Publicado

Julgamento do acusado de matar Vitórya Melissa é marcado para dezembro

Matheus dos Santos da Silva será submetido a júri popular; ele responde por feminicídio
Vitórya Melissa tinha 22 anos e foi vítima de feminicídio. Foto- Reprodução
Vitórya Melissa tinha 22 anos e foi vítima de feminicídio. Foto: Reprodução

Foi marcado para 6 de dezembro o julgamento de Matheus dos Santos da Silva, acusado de matar Vitórya Melissa Mota, na praça de alimentação do Plaza Niterói. O réu, que está preso preventivamente, vai a júri popular sob acusação de feminicídio.

A juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, também solicitou mais provas para o julgamento. A magistrada determinou que o laudo da perícia do celular da vítima inclua conversas, fotografias e áudios de aplicativos de mensagem.

Já a defesa de Matheus entrou com pedido para que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) realize exame psiquiátrico no réu.

Vitórya foi morta a facadas no dia 2 de junho, três dias depois de completar 22 anos. A motivação do crime teria sido o sentimento não correspondido de Matheus pela vítima. Os dois eram colegas de turma num curso de técnico em enfermagem.

COMPARTILHE