Niterói por niterói

Publicado

Julgamento do acusado de matar Vitórya Melissa é marcado para dezembro

Matheus dos Santos da Silva será submetido a júri popular; ele responde por feminicídio
Vitórya Melissa tinha 22 anos e foi vítima de feminicídio. Foto- Reprodução
Vitórya Melissa tinha 22 anos e foi vítima de feminicídio. Foto: Reprodução

Foi marcado para 6 de dezembro o julgamento de Matheus dos Santos da Silva, acusado de matar Vitórya Melissa Mota, na praça de alimentação do Plaza Niterói. O réu, que está preso preventivamente, vai a júri popular sob acusação de feminicídio.

A juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, também solicitou mais provas para o julgamento. A magistrada determinou que o laudo da perícia do celular da vítima inclua conversas, fotografias e áudios de aplicativos de mensagem.

Já a defesa de Matheus entrou com pedido para que a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) realize exame psiquiátrico no réu.

Vitórya foi morta a facadas no dia 2 de junho, três dias depois de completar 22 anos. A motivação do crime teria sido o sentimento não correspondido de Matheus pela vítima. Os dois eram colegas de turma num curso de técnico em enfermagem.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email