Niterói por niterói

Publicado

Jandira Feghali: “No Rio, há cansaço do mesmo grupo governando que não muda a vida das pessoas”

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Deputada federal do PCdoB fez uma análise do cenário em que ocorre a corrida eleitoral para Governador do Estado
WhatsApp Image 2022-03-26 at 21.14.06
Deputada marcou presença em todo o Festival, e deu uma entrevista ao A Seguir: Niterói. Foto: Bruno Boiaia

No fim do último dia do Festival Vermelho, a Deputada Federal Jandira Feghali conversou com o A Seguir: Niterói sobre o que espera das eleições para o Governo do Estado. O ex-Prefeito Rodrigo Neves concorrerá pelo PDT e o deputado Marcelo Freixo, pelo PSB. Feghali fez críticas à falta de uma unidade na escolha de um candidato progressista e comentou sobre o crescimento de Claudio Castro (PL) nas pesquisas.

– Aqui no Rio, ainda tem uma lamentável divisão, o que não é bom. O ideal é ter todas as forças do nosso campo unificadas. Essa divisão não é boa para nós. Esse ainda é o nosso esforço, buscar essa unidade.

A deputada fez uma leitura das condições de disputa ao Governo do Estado. Ela percebe um cansaço por parte da população depois de sequência de governos ruins que não priorizam o bem estar social, tal como o atual governador, Claudio Castro.

– O risco existe, claro, porque ele tem a máquina do Estado na mão. Por isso a unidade nossa é muito importante. Mas eu acho que a sociedade busca respirar uma mudança. No Brasil, e no Rio também, acho que há um cansaço desse mesmo grupo governando que não mudando a vida das pessoas. O Rio tem um quadro social pior do que no resto do Brasil, em quadro de trabalho, em sistema de saúde… a gente tem uma situação no Estado do Rio grande em sofrimento.

Segundo a deputada, a vantagem obtida recentemente nas pesquisas não tem ligação com a gestão, e sim se deve à recente distribuição de recursos da venda da Cedae.

Feghali chamou a atenção para a necessidade de escolher bem os senadores e deputados nas eleições deste ano. Ou seja, não basta votar para governador e presidente. É preciso também escolher os senadores e deputados que tenham os mesmos ideais e projetos de governo.

– Eu acho que a sociedade precisa dar atenção que não basta a eleição do governo do Estado, mas que é importante ter também as bancadas que reforce, que dê sustentação a essas candidaturas no Executivo. É importante tem um olhar mais amplo para o processo eleitoral.

 

COMPARTILHE