Niterói por niterói

Publicado

Instituto GayLussac inaugura Centro de Inovação e Tecnologia com programação cultural e ambiental

Por Livia Figueiredo
| aseguirniteroi@gmail.com
Evento reuniu ex-alunos e professores e foi realizado no novo prédio da escola, que conta com um Centro Multilíngue, refeitório moderno e espaço para alunos pré-universitários
WhatsApp Image 2022-06-21 at 15.53.08
A diretora geral do GayLussac, Luiza Sassi, no evento de inauguração do novo prédio do instituto: “Queremos que os alunos se comprometam a agir em prol de um mundo mais justo e solidário”

O Instituto GayLussac inaugurou ontem o Centro de Inovação e Tecnologia – projeto robusto que estava sendo planejado há muito tempo pela escola e agora sai finalmente do papel. A cerimônia, muito prestigiada pelos professores novos e antigos, pais, alunos e ex-alunos, foi realizada em um amplo salão que será dedicado a eventos num futuro próximo. O prédio, anexo à escola, abrigará os Ensinos Fundamental e Médio, conforme antecipado pelo A Seguir: Niterói, e um Centro Tecnológico moderno para a criação de projetos de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes, Matemática e Design – além de um Centro Multilíngue, com salas colaborativas para o ensino de línguas, como Espanhol, Inglês e Mandarim. O novo prédio também contempla um refeitório, com 120 lugares, e cozinha com equipamentos de última geração.

Leia mais: Niterói abre novo ponto de vacinação e teste contra a Covid-19

O novo refeitório do espaço equipado com itens de última geração. Foto de leitor

Logo na entrada, um túnel, construído a partir da estética de high-tech, dava o tom do que seria a noite: a aposta no futuro guiado pela inovação. Embarcavam curiosos e interessados nessa grande viagem que convidava o público a conhecer um pouco da história da escola. Para ajudar a contar um pouco dessa trajetória, e celebrar o início de um novo ciclo, foi montada uma programação pautada na arte e no meio ambiente, com pocket shows musicais de alunos, apresentações de coral blíngue, em espanhol (que contou com poesia cantada) e mandarim – idioma também ensinado na escola -, manifesto da sustentabilidade, e um clube de música, que deu as boas vindas a tour pelo novo prédio.

A diretora do colégio, Luiza Sassi, destacou a aposta da escola nas aulas diversficadas e na qualificação dos professores que possuem mais de 40 anos de trajetória e são reconhecidos, ainda, pelos seus projetos autorais:

– Nós acreditamos na individualidade do processo de aprendizagem. Temos mais 100 projetos que envolveram responsabilidade social, estudo de campo, valorização da cidade de Niterói, educação financeira, intercâmbios… Queremos que os alunos saiam daqui éticos, com bom caráter e generosos, que se comprometam a agir em prol de um mundo mais justo e solidário. A expansão veio para gerar maior convivência no refeitório, nas aulas abertas ao ar livre, centro multíngue e um centro de inovação e tecnologia – pontuou.

O novo centro multilíngue dedicado aos três idiomas ensinados no colégio (inglês, espanhol e mandarim). Foto de leitor

Além da diretora, participou também do evento o CEO da Cognita Latam, Josep Caubet. A Cognita é um conjunto de escolas diversas, porém conectadas que abrange 12 países diferentes. Os professores e funcionários dão apoio no atendimento e educação de diversos alunos do Instituto GayLussac.

A escola também enfatiza que acredita que o mais importante desse mundo de inovação e tecnologia é não esquecer os valores intrínsecos ao ser humano. Esse foi o tom da fala do CEO da Cognita Latam, Josep Caubet, que sublinhou a importância de se destacar e ser reconhecido pelos valores transmitidos pela escola mãe: “Educação sem valores não tem valor”, resumiu.

Foto de leitor

O novo prédio também conta com outros dois espaços: um para a realização de assembleias e outro para os alunos da 3ª série do Ensino Médio se prepararem para o vestibular, o Pré-U, que conta, ainda, com um terraço para atividades de lazer e bem estar.

A nova sala miltimídia é destinada a reuniões e atividades que promovem a convivência social. Foto de leitor

COMPARTILHE