Niterói por niterói

Publicado

Hospitais privados de Niterói e São Gonçalo estão perto de zerar ocupação de leitos Covid

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Boletim mostra que apenas 2% dos quartos estão ocupados; nas UTIs, menos de 10% das vagas estão preenchidas
Divulgação
Leitos reservados para Covid estão com baixa ocupação. Foto: H.C. Alameda

O último boletim do Sindhleste, entidade que representa os hospitais particulares de Niterói e São Gonçalo, apresenta o cenário mais otimista de toda a pandemia. As unidades começam novembro com a menor taxa de ocupação registrada até aqui. Em cada município, apenas 2% dos quartos reservados para Covid têm pacientes internados.

Nos leitos de UTI, a ocupação fica abaixo de 10% nas duas cidades. Nos hospitais privados de Niterói, 9% de todos os leitos de terapia intensiva destinados à Covid encontram-se ocupados. Em São Gonçalo, esse índice é de 8%.

A situação dos hospitais nem de longe se assemelha ao terror vivido no auge da terceira onde da pandemia, entre o fim de março e meados de maio. Naquele período, Niterói chegou a ter 92% dos leitos de terapia intensiva e 84% dos leitos clínicos reservados para pacientes Covid ocupados. Em São Gonçalo, as UTIs chegaram a 100% de ocupação, e a lotação dos leitos clínicos atingiu 84%.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email