Niterói por niterói

Publicado

Produzido em Niterói, Clube da Esquina é eleito o melhor álbum de música nacional

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Comissão formada por 160 especialistas elegeu os 10 melhores álbuns da música brasileira
03.01.2022-Album-Clube-da-Esquina-faz-50-anos-em-marco-800x445
Clube da Esquina (1972), de Milton Nascimento e Lô Borges. Foto: Divulgação

O álbum Clube da Esquina é oficialmente é melhor álbum nacional de todos os tempos. Eleito por 162 especialistas, entre músicos, produtores, jornalistas e produtores de conteúdo, o disco de 1972, fruto da parceria explosiva de Milton Nascimento e Lô Borges, foi concebido durante a estada dos músicos em um casarão, que existe até hoje, na praia de Piratininga, na Região Oceânica de Niterói.

A informação foi divulgada pelo podcast Discoteca Básica, que ouviu os especialistas e divulgou os 10 álbuns escolhidos por eles como os melhores da história do Brasil. A pesquisa faz parte de um projeto para eleger Os 500 Maiores Álbuns Brasileiros de Todos os Tempos, que resultará em um livro, atualmente em campanha de financiamento coletivo no Catarse.

A votação foi realizada em 2021, e o resultado final será publicado apenas no livro, mas os especialistas informaram ao Discoteca Básica os 10 primeiros nomes para criar a expectativa no público.

Uma explosão de sons

Tendo participação de Toninho HortaWagner Tiso, Beto Guedes e Márcio Borges, o álbum foi lançado pela gravadora Odeon Records – que também lançou The Beatles, Carmem Miranda e Dorival Caymmi, por exemplo -, e foi para a época uma explosão de inventividade musical, com características de Bossa Nova, do Jazz, Rock, e foi fortemente influenciado pela sonoridade da música mineira, hispânica e erudita. O sucesso abriu espaço para um segundo álbum, o Clube da Esquina II, lançado em 1978 pela mesma gravadora.

Confira os outros 9 nomes que lideram a lista dos melhores álbuns da música nacional:

1) Clube da esquina (1972) – Milton Nascimento e Lô Borges
2) Acabou chorare (1972) – Novos Baianos
3) Chega de saudade (1959) – João Gilberto
4) Secos & molhados (1973) – Secos & Molhados
5) Construção (1971) – Chico Buarque
6) A Tábua de esmeralda (1974) – Jorge Ben Jor
7) Tropicália ou panis et circencis (1968) – Vários artistas
8) Transa (1972) – Caetano Veloso
9) Sobrevivendo no inferno (1997) – Racionais MC’s
10) Elis & Tom (1974) – Elis Regina e Tom Jobim

COMPARTILHE