Niterói por niterói

Publicado

Gasolina em Niterói está mais cara do que no Rio, São Gonçalo e Maricá

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Preço médio do combustível na cidade supera o das cidades vizinhas, aponta pesquisa da Agência Nacional de Petróleo
Posto Ecológico, na Rua Noronha Torrezão
Posto de combustíveis em Niterói. Foto de leitor

Na disparada da gasolina, Niterói está à frente dos municípios vizinhos, praticando os preços mais elevados da região. É o que mostra o levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP), divulgado na última segunda-feira. Segundo a pesquisa, até o último sábado, o litro do combustível custava, em média, R$ 7,057, acima do cobrado no Rio, Maricá e São Gonçalo.

Na cidade, o valor mais barato ao longo da semana passada, era encontrado no Fonseca, R$ 6,74, e o mais caro, R$ 7,599, em São Francisco. Entre os 19 postos pesquisados pela ANP, nove já cobravam mais de R$ 7 pelo litro da gasolina, o que puxou a média para R$ 7,057. São Gonçalo, aparece logo atrás de Niterói, cobrando R$ 7,003 pelo litro da gasolina comum. O valor mais em conta foi encontrado no bairro Raul Veiga, R$ 6,749. Já o estabelecimento mais caro fica no Coelho, onde se cobra R$ 7,399 pelo combustível.

Já na cidade do Rio, que costuma ter a gasolina mais cara, o preço médio do combustível ficou em R$ 6,997. O posto mais barato cobra R$ 6,599 e o mais caro, R$ 7,387. Os valores, no entanto, não representam a totalidade dos estabelecimentos, uma vez que a ANP não traz na listagem da última semana nenhum posto da Zona Sul ou da Barra da Tijuca, que poderiam elevar a média.

Entre os municípios vizinhos, é em Maricá que os motoristas encontram o menor preço médio da gasolina: R$ 6,907. em Área de Terra Inoã, o combustível custa R$ 6,599 e no Centro, R$ 7,299.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email