Niterói por niterói

Publicado

Estado do Rio reduz intervalo entre doses de AstraZeneca para oito semanas

Decisão foi tomada por especialistas, levando em conta o estoque suficiente de imunizante e a eficácia dele contra a variante Delta
Vacina AstraZeneca terá intervalo reduzido no Rio. Reprodução
Vacina AstraZeneca terá intervalo reduzido no Rio. Reprodução

O Governo do Rio de Janeiro vai reduzir de 12 para oito semanas o intervalo entre doses da vacina AstraZeneca na população fluminense. A decisão foi tomada por representantes do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), cujo presidente é Rodrigo Oliveira, titular da pasta da Saúde em Niterói. Mas, na cidade, assunto ainda está em debate.

De acordo com a SES, a medida visa a acelerar ainda mais o esquema vacinal, tendo em vista que os municípios já estão com estoque disponível do imunizante para segunda dose. Também pesou na decisão a eficácia da vacina AstraZeneca contra a variante Delta, original da Índia, que tem sido identificada no Rio de Janeiro.

No comunicado, o Governo do Estado lembra que a antecipação da segunda dose está de acordo com o descrito na bula do imunizante, produzido no Brasil pela Fiocruz.

“A Secretaria Estadual de Saúde esclarece que todas as vacinas disponíveis no Brasil são eficazes para o processo de imunização, como indicam estudos.

Se você já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, fique atento e complete o esquema vacinal. Proteja-se!”, finalizou a SES.

A Prefeitura de Niterói foi procurada para informar se vai aderir à redução do intervalo e informou que a antecipação da segunda dose ainda está em estudo.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email