Niterói por niterói

Publicado

Duas pessoas são presas por furto de energia na Ponta D’Areia

Operação conjunta da Polícia Civil com a Enel encontrou irregularidades em três estabelecimentos comerciais do bairro
Delegacia 76ªDP participou da operação. Reprodução
Delegacia 76ªDP participou da operação. Reprodução

Dois proprietários de estabelecimentos comerciais na Ponta D’Areia foram presos em flagrante e conduzidas à 76ª DP (Centro) por furto de energia, na última segunda-feira, em operação conjunta da Enel com a Polícia Civil. Um dos suspeitos era dono de uma açaiteria e uma barbearia, e a outra, dona de um restaurante. Os dois foram liberados mediante pagamento de fiança.

Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Para conscientizar a população sobre o perigo do furto de energia, a Enel Distribuição Rio realiza, além dos operativos, diversos projetos sociais em comunidades, com informações sobre o uso eficiente de energia elétrica, programas para geração de emprego e renda e revisão gratuita de instalações elétricas de consumidores com menor poder aquisitivo.

Os clientes que quiserem denunciar o furto de energia podem fazê-lo pela internet:https://www.enel.com.br/ ou pelo aplicativo Enel Rio. Não é necessário se identificar.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email