Niterói por niterói

Publicado

De olho no Novo Normal, produtoras de Niterói preparam eventos de réveillon

Em clima de reabertura e com o avanço da vacinação na cidade, empresas locais apostam nas festas para toda a família
Festas já começam a vender ingressos para o réveillon. Foto- Prefeitura de Niterói
Festas já começam a vender ingressos para o réveillon. Foto: Prefeitura de Niterói

Ainda tímidas, as festas de réveillon estão de volta. Depois de um ano de hiato, o avanço da vacinação e a queda nos dados da pandemia, produtores já colocaram à venda ingressos para eventos em Niterói. É o caso do Réveillon do Alto, na Casa do Alto Pendotiba, e do Réveillon Amar, no Praia Clube São Francisco. Parece pouco, mas já é um cenário diferente do último ano, quando as festividades foram suspensas pelo risco de contaminação pela Covid.

As festas ainda acontecerão no contexto de pandemia, dentro do que está previsto no Programa Novo Normal. Por isso, nas redes sociais dos eventos, as festas se comprometem a exigir o comprovante de vacinação contra a Covid para entrar no espaço. De acordo com o planejamento da Prefeitura, no réveillon a cidade estará na fase 2 do Novo Normal, que permite a realização de grandes eventos com até 80% da capacidade dos espaços.

As atrações do Amar incluem a festa Que se Chama Amor, o músico Gustavo Brasília, e os DJs Vick e Filipe Rocha. Já o Réveillon do Alto terá Bicho Solto, Bruno Bonatto, e os DJs RG e Residente. As produtoras pensaram nas famílias e as duas festas terão um espaço para crianças e também “espaço soneca”.

Novo Normal

De acordo com o planejamento do Novo Normal Niterói, a fase 2 da reabertura da cidade começa em 1º de novembro e a 3, só em janeiro. Se a Prefeitura mantiver os planos, no réveillon valerão as regras da segunda etapa, quando não haverá horário limite para fechamento de bares, restaurantes e afins, e as máscaras deixam de ser obrigatórias para atividades ao ar livre com distanciamento de um metro. Casas noturnas, de festa, pubs e boates podem receber 80% do público, mediante comprovação do esquema vacinal completo. O mesmo vale para a realização de grandes eventos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email