Niterói por niterói

Publicado

Congresso Nacional do Samba abre inscrições para apresentação de trabalhos

Interessados podem contribuir com artigos, crônicas e performances em vídeo sobre a genealogia do samba; Inscrições vão até 20 de setembro
Congresso Nacional de samba abre inscrições : Foto- Luana Dias
Congresso Nacional de samba abre inscrições / Foto: Luana Dias

O Congresso Nacional do Samba está com inscrições abertas para a apresentação de trabalhos sobre a genealogia do samba. Os interessados podem inscrever seus trabalhos até 20 de setembro no site, sejam artigos acadêmicos, crônicas e performances em vídeo alinhados com a missão de refletir sobre a genealogia, a cartografia e a cronologia dessa manifestação cultural brasileira.

Essa é a quinta edição do Congresso, que aborda o ritmo de matriz africana encontrado em várias regiões do país. O congresso é organizado pelo Laboratório de Preservação e Gestão de Acervos Digitais (LABOGAD) da UNIRIO, através do programa de extensão “Memorável Samba”, e pelo Centro de Referência e Informação em Artes e Cultura Brasileira (CRIAR).

O evento será realizado no dia 2 de dezembro, Dia Nacional do Samba, e tem como objetivo reunir estudiosos, pesquisadores e praticantes em quatro eixos temáticos: “Batuques, Congadas e Músicas Sacras Afro-Brasileiras”, “Sambas Rurais”, “Sambas Urbanos Tradicionais” e “Sambas Urbanos Contemporâneos”. Cada eixo tem uma infinidade de ritmos que compõem a Árvore Genealógica do Samba.

Foto: Luana Dias

Com transmissão no Youtube, o evento adotará o sistema de doação solidária no valor de R$ 30, com o objetivo de cobrir os custos mínimos da iniciativa. Embora seja aberto ao público, aqueles que desejarem receber o certificado de participação, precisam estar inscritos no Congresso, marcado para ocorrer das 8h às 20h, e pagar uma taxa simbólica de R$ 10,00, também destinado à parte operacional.

No site também é possível participar da enquete ‘Família do Samba’, destinada a alimentar a Árvore Genealógica do Samba e, com isso, criar uma memória social do samba, que envolvem os sambistas e suas obras. A enquete gira em torno de uma única pergunta: “Da grande família do samba no Brasil, quais sambas, sambistas e gêneros são mais familiares a você?”. O Congresso conta com o apoio do Instituto Cravo Albin, um instituto que abriga pesquisas e informações culturais.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email