Niterói por niterói

Publicado

Chocotone e panetone ganham versões veganas neste Natal em Niterói

Por Fabiana Batista
| aseguirniteroi@gmail.com
Conheça confeiteiras da cidade que fazem delícias veganas para alegrar sua festa de fim de ano
chocotone
Mini chocotone da Tutti Mel | Foto: Divulgação

A origem do panetone é Italiana. Segundo o historiador italiano Massimo Montanari, os primeiros registros encontrados são de 1470, quando pães açucarados foram servidos na noite de 24 de dezembro pela família dos duques de Sforza. No entanto, tornou-se popular na Europa apenas no século XX, quando o dono de uma padaria em Milão acrescentou levedura à receita e embrulhou a massa em formato redondo e alto. 

De acordo com o historiador, não é possível confirmar essas histórias como únicas.  Em um de seus trabalhos sobre a culinária italiana, explicou que existem registros semelhantes em outras regiões da Itália. No Brasil, o queridinho do Natal chegou entre os séculos XIX e XX, com a vinda de italianos. Com o tempo ganhou diferentes variações. O protagonista dos Natais brasileiros foi recheio, ganhou novos formatos e receitas veganas (sem ingredientes de origem animal).

Nesta lista que A Seguir: Niterói montou, estão relacionadas cozinheiras de Niterói vendem panetones e chocotones artesanais por preços, tamanhos e recheios diferentes. Juliana Gama, por exemplo, há três anos decidiu cozinhar apenas receitas veganas. Neste fim de ano, decidiu vender panetones e chocotones  recheados com ganache, creme de paçoca ou beijinho e os valores variam entre R$16 e R$ 68.

Panetone da Lua de Melado | Foto: Divulgação

Veja a lista com algumas opções:

Lua de melado:

Confeiteira vegana há três anos, Amanda Campanate, mais conhecida entre amigos e clientes como Lua, está com a agenda aberta para encomendas de seus chocotones veganos. Os preços variam entre R$65 a R$105 e os tamanhos são de 500g e 900g. De dois sabores, o chocotone recheado é trufado com ganache 54% ao rum e o tradicional sem recheio com gotas de chocolate.

As encomendas podem ser feitas via WhatsApp 21 991882969. 

Doce Parada

Rayane Costa começou a trabalhar na cozinha este ano na Páscoa e, depois de feedbacks positivos dos clientes, decidiu vender chocotones neste fim de ano. Nos tamanhos de 100h e 500g, o pão doce é recheado com sonho de valsa, tradicional, sensação, prestígio, nutella. Os preços variam de acordo com o tamanho, os de 100g custam R$14, já os de 500g, R$68. 

As encomendas podem ser feitas via WhatsApp 96506-7372.

Chocotone Comida Raiz Vegan | Foto: Divulgação

Comida Raiz Vegan

Juliana Gama é cozinheira há sete anos e, desde 2019, cozinha apenas produtos veganos. Seus panetones e chocotones são de dois tamanhos 100g e 500g, com ou sem recheio. Os valores variam entre R$16 e R$68 e os recheios são ganache, creme de paçoca ou beijinho de coco. 

As encomendas, que vão até o dia 18, podem ser feitas pelo WhatsApp 965000461. 

 

 

Tutti Mel

Lorrane Coimbra trabalha na cozinha desde o início da pandemia e, neste Natal, preparou opções variadas de chocotones de 100g. Dentre os sabores estão: Gotas de chocolate, nutella e brigadeiro meio amargo. Os preços variam entre R$18 a R$90. 

As encomendas devem ser feitas através do WhatsApp 21 98135-4193.

Chocotone recheado da Rayane Costa | Foto: Divulgação

Padoquinha Vegana

Os chocotones e panetones da Padoquinha Vegana são feitos por mãe e filha. Jasmin Stariolo e Beatriz Angélica Barzola começaram a trabalhar na cozinha no início deste ano. Suas opções de chocotones são com gotas de chocolate meio amargo e coberto com chocolate e granulado e os panetone são recheado com damasco, nozes e uva passa preta, coberto com calda de açúcar e lascas de amêndoas. Os produtos são veganos e de dois tamanhos, 500g ou 100g. Os preços variam de R$20 e R$55.

Os pedidos podem ser feitos via WhatsApp (21)985930059.

COMPARTILHE