Niterói por niterói

Publicado

Centro de artes da UFF, em Icaraí, reabre nesta quarta com exposição, música e filme sobre Marighella

Filme nacional mais visto em 2021 terá exibição especial dia 16 e debate com o ator e pastor Henrique Vieira
image_processing20211027-13537-1ku7940
Filme Marighella estará na reabertura do Cine Arte UFF | Foto: Divulgação

Quem estava com saudade de pegar um cineminha depois do trabalho  a preço popular ou ver uma exposição   pode se programar: o Centro de Artes da UFF está de volta com as atividades presenciais! Seguindo  os protocolos de segurança necessários para o controle da disseminação da Covid-19 e do  vírus da Influenza, o espaço reabre com programação especial de 15 a 19 de dezembro.

A “Semana Arte de Viver” começa nesta quarta-feira, dia 15, às 18h, na Galeria de Arte UFF, com a exibição de vídeo dos artistas Pedro França e Darks Miranda no Cine Arte UFF, fazendo parte da programação da exposição “Chamar o Vento”. Trabalhos de Mulambö, Geandra Nobre, Juliana Lapa, Guilherme Kid, B Negão e do próprio Pedro França estarão na mostra. Na abertura, além da exibição do vídeo, ocorrerá uma conversa com a presença de artistas.

Marighella na reabertura do Cine Arte UFF

 Já na quinta-feira, dia 16, às 19 h, o cinema da UFF volta a receber público em grande estilo. Com o filme nacional mais assistido de 2021, Marighella, o Cine Arte UFF terá uma sessão especial com exibição seguida de debate com o ator e pastor Henrique Vieira, que interpreta o frei Henrique na produção.

Dirigido por Wagner Moura e com Seu Jorge no papel-título, o filme biográfico acompanha um momento decisivo da vida de Carlos Marighella, escritor, político e guerrilheiro. A ficção venceu o Prêmio do Público no Mill Valley Film Festival 2019 e o Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Bruno Gagliasso) no CinEuphoria Awards 2020. Com entrada franca e público reduzido, a sessão de “Marighella” tem classificação indicativa de 16 anos.

Três concertos com os grupos residentes

 Com entrada franca e público reduzido, o Quarteto de Cordas da UFF, o grupo Música Antiga da UFF e a Orquestra Sinfônica Nacional UFF voltam presencialmente aos palcos do Centro de Artes UFF, após a longa jornada de atividades online.

O primeiro concerto será o do Quarteto de Cordas da UFF, na sexta-feira, 17 de dezembro, às 19h, no Teatro da UFF, com a nova formação de músicos. Além dos veteranos Tomaz Soares (primeiro violino) e Ubiratã Rodrigues (segundo violino), apresenta suas duas novas integrantes, Clara Santos (viola) e Glenda Carvalho (violoncelo).

No sábado, dia 18, às 17h, é a vez da Orquestra Sinfônica Nacional UFF apresentar o “Concerto pela Vida” no Cine Arte UFF. Sob a regência do maestro argentino Javier Logioia, será apresentado um repertório em homenagem aos profissionais de saúde e aos funcionários do Hospital Universitário Antonio Pedro, que bravamente ajudaram no tratamento dos pacientes da Covid-19, salvando muitas vidas.

O terceiro e último concerto será o do conjunto Música Antiga da UFF, no domingo, dia 19, às 10h, no Teatro da UFF. O grupo também apresenta sua nova formação, que além dos veteranos Leandro Mendes e Mario Orlando, traz três presenças femininas: Cecilia Aprigliano, Rosimary Parra e Sonia Leal Wegenast. Os músicos interpretarão composições medievais e renascentistas que refletem o espírito natalino.

Celebração da vida no retorno presencial

 

Por causa da pandemia, foram quase dois anos de portas fechadas para o público na Rua Miguel de Frias, nº 9, em Icaraí. Mas as atividades continuaram de um jeito um pouco diferente: debates, apresentações musicais, espetáculos de teatro, filmes, shows e várias outras atividades artísticas foram exibidas de forma online pelas plataformas digitais.

Sobre o projeto “Semana Arte de Viver”, que traz de volta o tão esperado reencontro presencial com o público, o Superintendente do Centro de Artes UFF, Leonardo Guelman, afirma: “Celebraremos a vida e a vontade de viver, apesar de tudo!”.

Os eventos também representam uma homenagem aos profissionais da saúde e do Hospital Universitário Antonio Pedro e as comemorações natalinas, além, é claro, de valorizar a arte que serviu como bálsamo para muitos, no longo período de reclusão e afastamento social. A semana também homenageia a todos os artistas que lutaram para se manter ativos, sobrevivendo às agruras pelas quais foram obrigados a passar devido a toda situação decorrente da pandemia.

Protocolos de segurança sanitária

 

Durante o período dos eventos, haverá redução de público a 30% da capacidade de cada espaço (aproximadamente 100 lugares em cada evento), obrigatoriedade do uso correto da máscara, de apresentação do documento de identidade e de comprovante do esquema vacinal completo. Os ingressos serão obtidos mediante inscrição virtual prévia, a fim de evitar aglomerações na bilheteria. Mais informações sobre as inscrições estarão disponíveis por meio das redes sociais e site do Centro de Artes UFF: www.centrodeartes.uff.br.

COMPARTILHE