Niterói por niterói

Publicado

Casos de gripe começam a cair no estado do Rio, depois de 129 mortes em 2021

Por Redaçao
| aseguirniteroi@gmail.com
Dezembro registrou recorde de casos e mortes do ano; Secretaria de Saúde vê queda de 65% nos últimos dias
Hospitais registram internações de não vacinados. Foto- Prefeitura de Niterói
A Secretaria de Estado de Saúde registrou uma queda acentuada nos atendimentos de síndrome gripal nas UPAs da rede estadual nos últimos dias do ano e no dia 1º de janeiro. Em todo o ano de 2021, foram registrados 678 casos confirmados de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) causada pelo vírus Influenza, 564 deles em dezembro.  No ano, foram 129 óbitos por síndrome respiratória aguda grave – 24 mortes por H3N2 e 105 por Influenza A não subtipada. Em dezembro, foram notificados 117 óbitos, sendo  17 por H3N2 e 100 por Influenza A não subtipada.
Os números melhoram no final do ano. A Semana Epidemiológica 52 (26.12 a 01.01) registrou uma diminuição de 66,5% na média móvel de atendimentos de pacientes com síndrome gripal nas 28 UPAs da rede estadual. Na SE 51 (19.12 a 25.12), já se notava uma diminuição foi de 29,7%.  O declínio no número de casos foi registrado a partir da semana 50 (12.12 a 18.12), uma redução de 18,8%.
As UPAs chegaram a atender mais de duas mil pessoas em um único dia. A abertura de centros de acolhimento e atendimento  junto a sete unidades ajudou a agilizar o atendimento aos pacientes com síndrome gripal. De 3 de dezembro a 2 de janeiro, foram realizados mais de 12 mil  atendimentos nas estruturas montadas junto às UPAs.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email