Niterói por niterói

Publicado

Campo de São Bento terá feira para adoção de cães e gatos no domingo

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Campanha “Adotar é o Bicho!” completa 10 anos neste domingo, em Niterói
Os animais já serão entregues castrados e vermifugados

Campanha “Adotar é o Bicho!” completa 10 anos neste domingo com feira de cães e gatos em Niterói

Todos os animais já são entregues castrados e vermifugados. Para adotar, é preciso ser maior de 18 anos  

18/03/2022   – A campanha “Adotar é o Bicho!” realiza sua feira de adoção comemorativa de 10 anos neste domingo (20), de 10h às 14h, no Campo de São Bento, em Icaraí. Ao longo desse período mais de 200 edições foram realizadas em vários bairros de Niterói: Icaraí, São Francisco, Ingá, Charitas, Piratininga, Barreto e Fonseca. A campanha é organizada pela Prefeitura de Niterói, por meio da Coordenadoria Especial de Direito dos Animais, um núcleo da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade.

Ao todo, mais de dois mil animais, entre cães e gatos, foram adotados nesses 10 anos. Esses animais foram resgatados em Niterói e são tratados por protetores independentes até o momento da adoção na campanha. Todos os animais são castrados, vacinados e vermifugados antes de irem para a adoção.

A campanha, além da adoção, ensina também sobre educação em relação aos animais. Em todas as edições são distribuídos folhetos e cartilhas sobre proteção animal. A edição deste domingo terá ainda a participação da Comissão de Proteção Animal da Ordem de Advogados do Brasil (OAB) de Niterói.

“Estou muito feliz por completarmos uma década de campanhas pelos animais e ajudando eles a ganharem novos lares. Isso é muito gratificante. A adoção de animais é um ato de amor que ajuda cães e gatos que estão sem um lar para viver, dormindo em qualquer lugar, comendo o que encontram e sofrendo maus tratos”, afirmou Marcelo Pereira, coordenador de Direitos dos Animais.

Segundo ele, a campanha “Adotar é o Bicho!” sempre teve um propósito de ser mais que uma feira de adoção, mas uma campanha onde adoção e conscientização caminham juntas para ajudar animais abandonados. Ele reforça que até mesmo no momento pandêmico a campanha se adaptou se para a forma virtual, mas não parou nunca de conseguir lares para animais abandonados.

“Quando decidimos adotar um animal, seja ele um cão ou um gato, nossa vida muda completamente. A gratidão desses peludos conosco será eterna, para eles, nós caímos do céu. Você não irá encontrar ninguém no mundo que seja mais fiel a você do que um animal adotado”, disse Marcelo Pereira.

Para adotar é preciso ser maior de 18 anos e estar portando carteira de identidade e comprovante de residência. A pessoa será entrevistada e assinará um termo de adoção.

Um dos animais é o Pietro, castrado e vacinado. Ele foi abandonado nas ruas de Niterói, foi resgatado muito magro, com problemas de pele e muito assustado. Hoje é animado e muito brincalhão. É o anfitrião do abrigo e convive bem com outros animais (fêmeas e machos). Tem aproximadamente 6 anos de idade.

COMPARTILHE