Niterói por niterói

Publicado

Caminho de Darwin, em Niterói, merece visita, 190 anos depois da passagem do naturalista

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
Roteiro da expedição do britânico Charles Darwin foi registrado no diário de bordo, em 1832. Foto: divulgação
image - 2022-04-08T100245.674
Estudantes visitam o Caminho de Darwin na Serra da Tiririca. Foto: divulgação

O Parque Estadual da Serra da Tiririca e o projeto Ecoarte promoveram, nesta semana, a Semana de Educação Ambiental Charles Darwin, com visita de estudantes ao Caminho de Darwin, parte do trajeto do naturalista em visita ao Brasil há 190 anos. O percurso merece uma visita, em qualquer época do ano.

Criado em 1991 e com área de 3.942 hectares, o Parque Estadual da Serra da Tiririca abrange partes dos municípios de Niterói e Maricá, na Região Metropolitana do Rio. Na unidade de conservação, que surgiu a partir da mobilização de movimentos ambientalistas e comunitários, estão inseridas uma parte terrestre e outra marinha, que é a Enseada do Bananal.

Um dos principais atrativos do parque é o Caminho de Darwin, assim denominado por ter sido explorado pelo naturalista britânico Charles Darwin e registrado no diário de bordo, em 1832. Com aproximadamente 2,5 quilômetros de extensão, o percurso começa no Engenho do Mato, em Niterói, e termina no bairro Itaocaia Valley, no município de Maricá.

COMPARTILHE