Niterói por niterói

Publicado

Casos de gripe aumentam 239% em duas semanas no estado do Rio

Por Fabiana Batista
| aseguirniteroi@gmail.com
Postos estão registrando filas e chegou a faltar vacina contra Influenza em algumas unidades da capital e de outros municípios
tenda vila centro de atendimento à gripe parque olimpico
Centro de Atendimento à Gripe, no Parque Olímpico do Rio| Foto: Divulgação

No começo deste mês,  Letícia de Souza foi até a Clínica da Família, na Cidade Nova, no Rio. Chegou com febre, dores de garganta e de cabeça e se deparou com uma fila na escada da unidade. Ansiosa e com mal estar, se assustou quando a assistente do posto comunicou que aquela era a fila para pacientes com Influenza e que o atendimento ia demorar. 

Letícia decidiu ir embora, mas os sintomas pioraram e teve que voltar ao posto no final do dia:

– Já não tinha mais fila e esperei meia hora para ser atendida. Quando entrei no consultório, um salão grande, éramos eu e mais cinco pacientes. Os médicos justificaram o atendimento coletivo pela grande procura da última semana. Sentamos distantes uns dos outros, ouvimos a mesma orientação. Beber muita água, descansar e tomar duas dipironas de seis em seis horas para amenizar os sintomas. 

Esta é a realidade de toda a rede de saúde da capital do estado. Por meio da Coordenação de Informação em Saúde da Vigilância Epidemiológica, a Secretaria de Estado de Saúde RJ informou ao A Seguir: Niterói que houve um aumento de 239% na média móvel de atendimento a casos de síndrome gripal nas UPAs da rede estadual em relação aos 14 dias. A maior parte dos casos são confirmados como Influenza A e não provoca internações. 

Na segunda-feira (06), o número de atendimentos chegou a quase seis mil em um único dia. De acordo com a Secretaria, 

– Trata-se do maior número de atendimentos por uma única doença realizados nas UPAs estaduais em um único dia desde o início da pandemia de Covid-19. A média de atendimentos a casos de síndrome gripal por dia nas UPAs estaduais, na semana de 15 a 20 de novembro, foi de 173, aumentando para 435,6 na semana de 21 a 27 de novembro, e para 4.752,7 entre os dias 04 a 06 de dezembro, um crescimento de 2.647%

Para desafogar as clínicas de família e UPAs, foram inauguradas duas tendas no final de semana. Uma em Marechal Hermes e outra na Tijuca. Um terceiro foi na segunda-feira (6) na Zona Sul, em Botafogo. E, ainda nesta semana, serão montadas estruturas na Penha e em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Quem for até elas terá atendimento primário, triagem e testagem para Covid-19. 

Vacinação contra influenza

A  Secretaria advertiu em nota que a vacinação é fundamental para evitar casos mais sérios, principalmente para pessoas de grupos prioritários. São estes: crianças de seis meses a seis anos, pessoas com comorbidades, comprometimento do sistema imunológico, gestantes, mulheres que pariram recentemente e pessoas com mais de 60 anos.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email