Niterói por niterói

Publicado

Antonio Claudio Lucas da Nóbrega é reeleito reitor da UFF

Por Redação
| aseguirniteroi@gmail.com
A vitória foi apertada: 50,86% contra 49,14%  dados ao ex-reitor  Roberto de Souza Salles
reitores uff corte
Antonio Claudio Lucas da Nóbrega (E) e Fabio Barboza Passos icam à frente da instituição até 2026. Foto: arquivo

O reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF) Antonio Claudio Lucas da Nóbrega foi reeleito pela comunidade acadêmica para permanecer à frente da instituição até 2026. Encerrada a apuração do segundo turno das eleições, nesta quinta-feira (14), ele conquistou 50,86% dos votos contra 49,14%  dados ao ex-reitor  Roberto de Souza Salles.

Como aconteceu no primeiro turno, a chapa “Juntos Pela UFF”, encabeçada por Nóbrega, foi a preferida entre alunos e professores. Já os técnicos optaram majoritariamente pela “UFF Plural & Democrática”, de Salles.

Nóbrega foi reeleito com votos de 2.794 alunos, 1.529 docentes e 762 técnicos.  Votaram em Salles 1.575 alunos, 625 docentes e 1.740 técnicos.

Médico e pesquisador, integrante do Comitê Científico de Niterói contra a Covid, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega tem como vice na sua chapa o professor de Engenharia Química Fabio Barboza Passos.

Seguiremos construindo uma UFF ainda mais acolhedora, aplicando esforços para garantir mais verbas para a universidade utilizando os recursos do PNAES (Programa Nacional de Assistência Estudantil) de forma transparente e voltados para a permanência e o sucesso dos nossos estudantes”, afirmou Nóbrega, em documento de campanha. “Ao longo de nossa gestão, fortalecemos os mecanismos de permanência, em diálogo permanente com os estudantes e, como resultado de nossa mobilização institucional, conseguimos ampliar a oferta de bolsas e auxílios e reajustar os seus valores. Também concluímos as obras da Moradia Estudantil em Angra dos Reis, avançamos na construção do Restaurante Universitário em Volta Redonda e concretizamos a tão sonhada Terra Prometida, em Campos”.

Nóbrega foi reeleito, mas ainda falta “levar” a vitória. Agora, uma lista tríplice com os três candidatos mais votados será encaminhada ao presidente da República. A praxe, nas eleições acadêmicas, é que o mais votado seja confirmado como reitor da instituição.

 

 

COMPARTILHE